Compartilhe!

A entrada para o público foi meramente simbólica: 1 quilo de alimento não perecível. No sábado, véspera da partida decisiva, o treinamento nos Aflitos começaria por volta das 9h. Um simples rachão na última movimentação do Náutico antes de enfrentar o Bragantino pelo jogo de volta das quartas da Série C. O grande ato era a aproximação entre time e torcida.

Após a derrota por 3 x 1, em SP, a procura alvirrubra por ingressos para o jogo na Arena Pernambuco esfriou. Antes daquele jogo, 20 mil. Depois, 5 mil – com a parcial (boa) de 25.137 bilhetes. Porém, a manhã no Eládio de Barros Carvalho deu sinais da retomada da confiança.

Ao todo, os mais de 4 mil alvirrubros doaram 4,2 toneladas de alimentos (que serão doados). Gente presente, inclusive, para conferir a reforma do estádio, como o novo setor de cadeiras. Como comparação, basta dizer que o público no Nabi Abid Chedid, há uma semana, foi de 3.624 – em relação ao Estadual de 2018, teria sido o 10º maior público, deixando 55 jogos atrás.

Nabi e Aflitos à parte, o acesso será decidido na arena, com o segundo maior público do timbu no ano…

Abaixo, fotos da assessoria do Náutico, via Léo Lemos


Compartilhe!