Compartilhe!

Após o encerramento do Esporte Interativo, em 9 de agosto, a transmissão da Copa do Nordeste de 2019 ficou com a garantia de apenas um modelo, a tevê aberta. No caso, via SBT através das afiliadas na região – como já havia sido em 2018. Entretanto, a maior parte da receita do regional vinha justamente da “tevê fechada”, uma vez que o EI detinha os direitos de todas as plataformas. Desde então, a Liga do Nordeste e um empresa autorizada por ela vêm negociando com outras empresas de mídia. E a surpresa seria a manutenção do streaming.

Nos últimos anos, vários jogos do Nordestão passaram exclusivamente no “EI Plus”, uma plataforma móvel. Agora, segundo apuração do blog, houve contato do Facebook, que já vem exibindo a Champions League, e do Youtube, que vem investindo em transmissões esportivas ao vivo. Caso a conversa avance, a liga tende a escolher um dos dois (você prefere qual?)

Em outros formatos mais tradicionais, a Rede Globo aparece como “player” tanto na tevê fechada quanto no pay-per-view. No PPV, seria uma tentativa de fidelizar o assinante da região que costuma comprar o pacote apenas no Campeonato Brasileiro, a partir de maio – saiba mais aqui.

Uma curiosidade é o fato de Edgar Diniz, ex-presidente do Esporte Interativo, ser um dos homens à frente desta negociação para a transmissão do torneio regional em 2019 – através de sua nova empresa, já com a carta de intenção da liga. Pelo pouco tempo, a missão é árdua, com conversas também para os anos seguintes, uma vez que a competição foi negociada até 2022. Até porque o valor anual passa de R$ 30 milhões, entre cotas, logística e marketing. Tendo apenas o SBT, a situação seria complicada – inclusive em termos de visibilidade.

Obs. Pela tabela oficial do Nordestão, 24 dos 64 jogos da primeira fase vão passar no SBT – sendo três por rodada, considerando as praças do Recife, Salvador e Fortaleza, com um desses jogos passando nas demais. Porém, chamou a atenção a ausência dos clássicos estaduais (Clássico das Emoções, Ba-Vi, Clássico-Rei etc). Não faz sentido algum, a menos que seja uma moeda de troca para os interessados em adquirir as demais plataformas (por qual motivo o Bahia teria apenas 3 jogos na TV?). Considerando os interessados apurados, os jogos à disposição e as plataformas em aberto, parece lógico imaginar uma transmissão além do Sistema Brasileiro de Televisão…

Situação da transmissão do Nordestão 2019
TV aberta – SBT (fechado)
TV fechada – SporTV ou BandSports (em negociação)
Pay-per-view – Premiere (em negociação)

Streaming – Facebook ou Youtube (em negociação)


Compartilhe!