Compartilhe!

O Fortaleza dominou a seleção da Copa do Nordeste de 2019. O inédito campeão emplacou 8 dos 11 jogadores, além do craque, Edinho (que já havia sido divulgado), e do técnico, Rogério Ceni – de longe a escolha mais fácil, com 92% dos votos. O leão do pici igualou o recorde do Sampaio, estabelecido há um ano, também com oito indicações na seleção.

Pra começar, a defesa foi toda do tricolor cearense (goleiro, laterais e zagueiros). O primeiro “forasteiro” foi o bom volante Gregore, do Bahia. No meio-campo, os dois representantes do vice-campeão regional.

O Botafogo da Paraíba colocou dois Marcos na lista, o Aurélio e o Vinícius – considerando a retomada do torneio, em 2013, esta é a primeira vez que o alvinegro de João Pessoa é lembrado na seleção oficial. No ataque, novo domínio do Fortaleza, com os dois pontas e Júnior Santos de centroavante. Por sinal, o “9” foi a posição mais disputada, tendo na cola Gilberto, artilheiro do torneio junto ao próprio atacante do Fortaleza. No geral, 51% x 41%.

De 2013 a 2019, o critério para a formação da seleção oficial já variou bastante. Desta vez, o perfil da Copa do Nordeste no Twitter lançou várias enquetes para escolher o melhor de cada posição, com quatro opções previamente definidas pelos organizadores – a exceção foi na zaga, com dois nomes escolhidos na mesma enquete. As perguntas ficaram abertas durante 24 horas, com 14.283 votos ao todo. Em relação ao futebol pernambucano, foi a segunda ausência seguida na lista dos melhores – o estado havia sido premiado nas edições anteriores.

A seguir, a seleção do Nordestão de 2019 e o percentual de votos dos escolhidos.

A seleção oficial (formação 4-3-3)
Marcelo Boeck (Fortaleza, 85%); Tinga (Fortaleza, 77%), Quintero (Fortaleza, 78%), Roger Carvalho (Fortaleza, 13%) e Carlinhos (Fortaleza, 76%); Gregore (Bahia, 67%), Marcos Aurélio (Botafogo, 60%) e Marcos Vinícius (Botafogo, 38%); Osvaldo (Fortaleza, 84%), Júnior Santos (Fortaleza, 51%) e Edinho (Fortaleza, 68%)

O craque da competição: Edinho (Fortaleza, 43%)
O melhor técnico: Rogério Ceni (Fortaleza, 92%)

Nº de premiações na seleção oficial (2013-2019)
13 – Bahia e Sport
10 – Fortaleza
9 – Campinense, Ceará e Sampaio Corrêa
7 – Santa Cruz
2 – ASA, Botafogo e Vitória
1 – CSA

Nº de premiações para craque do campeonato (2013-2019)
1 – Bahia, Campinense, Ceará, Fortaleza, Sampaio Corrêa, Santa Cruz e Sport

Leia mais sobre o assunto
Edinho, o melhor jogador da Copa do Nordeste 2019. Gigante com 1,58 metro

Todas as seleções oficiais da Copa do Nordeste, de 2013 a 2019

Fortaleza vence o Botafogo lá e lô e conquista o Nordestão 2019. Incansável


Compartilhe!