Compartilhe!

A “seleção do mundo” nesta temporada, segundo a Fifa. Concorda com a lista?

Sobre o evento The Best, em Milão, com a apresentação dos melhores da temporada, me chamou a atenção a “seleção do ano”, escolhida quase no piloto automático, à parte do rendimento visto entre 07/2018 e 07/2019. No caso, um questionamento sobre os três nomes do Real Madrid, que viveu uma de suas piores temporadas.

Além de Modric, o melhor do mundo no ano passado e que não brilhou em 2019, o cube emplacou dois defensores. A bronca é que o Real ficou em 3º lugar na liga espanhola,com 12 derrotas em 38 jogos, tendo a defesa mais vazada entre os cinco primeiros colocados – sofreu 46 gols, contra 29 do rival Atlético, por exemplo. Na Champions League, então na condição de tricampeão, o clube merengue caiu nas oitavas, sendo goleado pelo Ajax no Bernabéu. Ao menos os nomes do clube holandês fizeram justiça, com De Ligt e de Jong, já negociados com Juventus e Barcelona. No restante, concordei com os nomes.

A escolha da seleção é feita num formato diferente. Organizado pela Fifa em parceria com o sindicado mundial de jogadores de futebol (Fifpro), o prêmio considera o desempenho técnico na temporada europeia, em vez do ano regular. Os 11 jogadores mais votados afunilaram a pré-lista com 55, divulgada em 5 de setembro – com 21 nomes na Premier League (Inglaterra) e 20 na La Liga (Espanha). O time foi votado por 23 mil atletas profissionais de 68 países. E as opções mais citadas nesta edição foram Messi (19.381), Van Dijk (17.085) e CR7 (16.943).

Nº de indicados por clube em 2019
3 – Real Madrid
2 – Ajax e Liverpool
1 – Barcelona, Chelsea, Juventus e PSG

Nº de indicados por país de origem em 2019
3 – Holanda
2 – Brasil
1 – Argentina, Bélgica, Croácia, França, Espanha e Portugal

Abaixo, as últimas quatro seleções do ano, todas com a mesma formação.

Seleção FifPro de 2019 (4-3-3)
Alisson (BRA/Liverpool); Sergio Ramos (ESP/Real Madrid), De Ligt (HOL/Ajax), Van Dijk (HOL/Liverpool) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Modric (CRO/Real Madrid), Frenkie De Jong (HOL/Ajax) e Eden Hazard (BEL/Chelsea); Kylian Mbappé (FRA/PSG), Lionel Messi (ARG/Barcelona), e Cristiano Ronaldo (POR/Juventus). Técnico: Jürgen Klopp (ALE/Liverpool)

Seleção FifPro de 2018 (4-3-3)
De Gea (ESP/Manchester United); Daniel Alves (BRA/PSG), Varane (FRA/Real Madrid), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Modric (CRO/Real Madrid); Kanté (FRA/Chelsea) e Hazard (BEL/Chelsea); Messi (ARG/Barcelona), Mbappé (FRA/PSG) e Cristiano Ronaldo (POR/Real Madrid). Técnico: Didier Deschamps (FRA/seleção)

Seleção FifPro de 2017 (4-3-3)
Buffon (ITA/Juventus); Daniel Alves (BRA/Juventus), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid). Bonucci (ITA/Juventus) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Toni Kroos (ALE/Real Madrid), Modric (CRO/Real Madrid) e Iniesta (ESP/Barcelona); Neymar (BRA/Barcelona), Messi (ARG/Barcelona) e Cristiano Ronaldo (POR/Real Madrid). Técnico: Zidane (FRA/Real Madrid)

Seleção FifPro de 2016 (4-3-3)
Neuer (ALE/Bayern de Munique); Daniel Alves (BRA/Juventus), Piqué (ESP/Barcelona), Sergio Ramos (ESP/Real Madrid) e Marcelo (BRA/Real Madrid); Toni Kroos ALE/Real Madrid), Modric (CRO/Real Madrid) e Iniesta (ESP/Barcelona); Messi (ARG, Barcelona), Luis Suárez (URU, Barcelona) e Cristiano Ronaldo (POR, Real Madrid). Técnico: Claudio Ranieri (ITA/Leicester)

O prêmio “World 11” existe há 15 anos, fazendo parte da cerimônia da Fifa desde 2009. Abaixo, os recordistas de indicações. Messi e CR7 são lembrados há 13 anos seguidos.

Jogadores com mais indicações
13x – Lionel Messi (ARG) e Cristiano Ronaldo (POR)
10x – Sergio Ramos (ESP)
9x – Andrés Iniesta (ESP)
8x – Daniel Alves (BRA)

Clubes com mais indicações
50x – Barcelona (ESP)
46x – Real Madrid (ESP)
12x – Chelsea (ING)
11x – Juventus (ITA)

Leia mais sobre o assunto
Lionel Messi, o melhor jogador do mundo em 2019. Pela 6ª vez, recorde

Abaixo, um vídeo do blog comentando esta seleção de 2018/2019. Tem 8 minutos. Vale o play!


Compartilhe!