Compartilhe!

Foto massa de Higor Pereira (@higor_fotografias), via drone, em 20 de março. Almeidão pronto.

Pela 3ª vez em 7 anos, a Paraíba recebe a finalíssima da Copa do Nordeste, uma estatística que dificilmente seria cogitada no ano da retomada da competição, em 2013. Após duas decisões em Campina Grande, chegou a vez de João Pessoa, com o Botafogo sendo o mandante diante do Fortaleza, devido à melhor campanha geral.

Em 16 anos de história do torneio nordestino, a capital paraibana, hoje com 800 mil moradores, é a 7ª cidade a receber a decisão, com o Almeidão sendo o 9º estádio – considerando o “jogo da taça”. Com três finais, portanto, o estado sobe para a 2ª colocação isolada no ranking, só abaixo da Bahia, com sete – embora o futebol pernambucano tenha quatro títulos na galeria, apenas uma final ocorreu no estado, há 19 anos.

Sobre o publico, vale destacar que o recorde do Almeidão é de 44 mil pessoas, no clássico entre Botafogo e Campinense, em 1998. Porém, hoje a capacidade máxima é de 25.770, com limitação de 20 mil ingressos por questão de segurança. A tendência é de carga esgotada, com a partida em 29 de maio, às 20h, valendo uma taça inédita para os dois finalistas – em ambos os casos, o título igualaria a conquista do arquirrival. Na ida, lembrando, Fortaleza 1 x 0.

As sedes das 15 decisões da Copa do Nordeste**
1994 – Rei Pelé, Maceió-AL (CRB (2) 0 x 0 (3) Sport*)
1997 – Fonte Nova, Salvador-BA (Vitória* 1 x 2 Bahia)
1998 – Machadão, Natal-RN (América* 3 x 1 Vitória)
1999 – Fonte Nova, Salvador-BA (Bahia 1 x 0 Vitória*)
2000 – Ilha do Retiro, Recife-PE (Sport* 2 x 2 Vitória)
2001 – Fonte Nova, Salvador-BA (Bahia* 3 x 1 Sport)
2002 – Barradão, Salvador-BA (Vitória 2 x 2 Bahia*)
2003 – Barradão, Salvador-BA (Vitória* 0 x 0 Fluminense de Feira)
2010 – Frasqueirão, Natal-RN (ABC 1 x 2 Vitória*)
2013 – Amigão, Campina Grande-PB (Campinense* 2 x 0 ASA)
2014 – Castelão, Fortaleza-CE (Ceará 1 x 1 Sport*)
2015 – Castelão, Fortaleza-CE (Ceará* 2 x 1 Bahia)
2016 – Amigão, Campina Grande-PB (Campinense 1 x 1 Santa Cruz*)
2017 – Fonte Nova, Salvador-BA (Bahia* 1 x 0 Sport)
2018 – Fonte Nova, Salvador-BA (Bahia 0 x 0 Sampaio Corrêa*)
2019 – Almeidão, João Pessoa-PB (Botafogo x Fortaleza)
* Os clubes campeões
** Em 1994, 2001 e 2010 o título foi decidido em jogo único. Nos demais, valeu o estádio da volta

Ranking de cidades (7)
7x – Salvador
2x– Natal, Fortaleza e Campina Grande
1x – Maceió, Recife e João Pessoa

Ranking de estádios (9)
5x – Fonte Nova
2x – Barradão, Castelão e Amigão
1x – Rei Pelé, Machadão, Ilha do Retiro, Frasqueirão e Almeidão

Abaixo, a sala especial montada na área interna do Almeidão para árbitro de vídeo, o VAR, utilizado também no jogo ida, no Castelão – o registro é do governo paraibano. Esta é a primeira decisão da história do Nordestão com o recurso tecnológico. Trabalho a conferir.

Leia mais sobre o assunto
No Aeroporto de João Pessoa, a mensagem do Botafogo: “Aqui tem time pra torcer”

Fortaleza vence o Botafogo e fica a um empate do título inédito no Nordestão


Compartilhe!