Compartilhe!

Um sorteio na sede da CBF, no Rio de Janeiro, realizado pela primeira vez à noite, definiu todos os caminhos da Copa do Brasil de 2019 até a terceira fase, com a participação de 80 clubes – que brigam por dez vagas. Entre os participantes nesta largada, quatro pernambucanos, com Náutico (1º), Central (2º) e Sport (3º) classificados via Estadual e Santa via ranking nacional.

Os três grandes clubes da capital estreiam fora de casa, em partidas inéditas, enquanto a patativa será a única a atuar em casa, recebendo o Ceará, o mesmo adversário da última participação, em 2009. Como em 2018, há a chance de sair um Clássico das Emoções na segunda fase – em 30 anos de copa, nunca houve um duelo local. Lembrando que as duas primeiras etapas são disputadas em jogos únicos, mas os visitantes têm a vantagem do empate na primeira. Já na segunda, com o mando já pré-definido por sorteio, há a previsão de disputa de pênaltis em caso de empate.

Os tradicionais duelos de “ida e volta” vão da terceira à oitava fase, a final – neste sistema, não há mais o gol qualificado para o visitante. Chegando à quarta fase haverá um novo sorteio para os confrontos, com os cinco últimos classificados compondo as oitavas de final, que correspondem à quinta fase, enfim com os oito participantes da Libertadores e com outros três pré-classificados, Sampaio (Nordestão) e Paysandu (Copa Verde) e Fortaleza (Série B).

No fim do post, a tabela completa da 1ª fase, com os 40 duelos, e o áudio avaliando o sorteio

Os possíveis adversários dos pernambucanos:

Náutico (campeão pernambucano)
1ª fase – Imperatriz-MA (fora)
2ª fase – Santa Cruz-PE ou Sinop-MT (fora)
3ª fase – Vitória-BA, Moto Club-MA, ABC-RN ou Galvez-AC

Central (vice-campeão)
1ª fase – Ceará-CE (casa)
2ª fase – Foz do Iguaçu-PR ou Boa Esporte-MG (fora)
3ª fase – Corinthians-SP, Ferroviário-CE, Guarani-SP ou Avenida-RS

Sport (3º lugar)
1ª fase – Tombense-MG (fora)
2ª fase – Botafogo-PB ou Operário-MS (casa)
3ª fase – Paraná-PR, Itabaiana-SE, Londrina-PR ou Americano-RJ

Santa Cruz (via Ranking da CBF)
1ª fase – Sinop-MT (fora)
2ª fase – Náutico-PE ou Imperatriz-MA (casa)
3ª fase – Vitória-BA, Moto Club-MA, ABC-RN ou Galvez-AC

Em 2018, o futebol pernambucano teve 75% de aproveitamento na 1ª fase da copa, com três classificações em quatro possíveis – historicamente, também é o índice geral do estado. O único eliminado foi o Santa, que perdeu em Feira de Santana (2 x 0). Sport e Salgueiro caíram na etapa seguinte, enquanto o Náutico avançou até a 4ª fase, somando R$ 4,3 mi em cotas

O desempenho na 1ª rodada da Copa do Brasil (1989-2018):

Náutico
23 participações
18 classificações (78%; última em 2018 – Cordino/MA)
5 eliminações (21%; última em 2017 – Guarani de Juazeiro/CE)

Central
2 participações
2 classificações (100%; última em 2009 – Ceará/CE)

Sport
24 participações
21 classificações (87%; última em 2018 – Santos/AP)
3 eliminações (12%; última em 2016 – Aparecidense/GO)

Santa Cruz
24 participações
16 classificações (66%; última em 2016 – Rio Branco/ES)
7 eliminações (29%; última em 2018 – Fluminense de Feira/BA)
1 pré-classificação às oitavas (em 2017)

Total*
79 participações
60 classificações (75%)
18 eliminações (22%)
1 pré-classificação às oitavas (em 2016)
* Soma das participações de Sport (24), Santa (24), Náutico (23), Salgueiro (5), Central (2) e Porto (1)

A análise do Podcast 45 Minutos sobre os confrontos dos nordestinos na primeira fase.

A seguir, a tabela da competição até a terceira fase. Na segunda fase, o mando de campo será do caminho “verde”. Ferroviário x Corinthians, Rio Branco do Acre x Bahia, Moto x Vitória…


Compartilhe!