Compartilhe!

Léo Lemos/Náutico

Num jogo insosso nos Aflitos, com menos de 2 mil torcedores, o Náutico acabou chegando à vitória no finzinho, num momento em que o empate sem gols parecia uma boa definição. Entretanto, embora o gol tenha sido polêmico, venceu quem quis jogar futebol na noite.

O jogo pela 7ª rodada reuniu os dois melhores ataques do Estadual até então, Salgueiro (17 gols) e Náutico (16), mas a expectativa se dissipou rapidamente, ao menos sobre o carcará, que iniciou com um time alternativo – poupando para o jogo de sábado, contra o ABC, pelo Nordestão. Os sertanejos quase não incomodaram o goleiro Bruno. Em 90 minutos, apenas 3 finalizações. Pelo Náutico, 17. A maioria no 1T, quando o campeão pernambucano foi melhor, com boas oportunidades – duas desperdiçadas por Odilávio e outra, através de Robinho, bem defendida por Luciano.

No 2T, o jogo ficou sonolento, com Márcio Goiano fazendo uma arrumação ao colocar Gabriel no lugar de Jiménez, trazendo o capitão Josa novamente para o meio. E o volante acabaria sendo a peça decisiva – mas não pelo novo posicionamento, frisando. Numa cobrança de falta aos 44 minutos, Luiz Henrique bateu bem, Luciano espalmou e Josa completou no rebote – pelo replay, parecia em posição de impedimento. Assim, o 1 x 0 manteve a estatística timbu, que marcou gols em suas 13 apresentações oficiais em 2019. No Estadual, chegou à 5ª vitória seguida e começa a encaminhar uma vantagem de mando de campo no mata-mata…

Escalação do Náutico (melhores: 1 Josa, 2 Hereda, 3 Robinho)
Bruno; Hereda, Rafael Ribeiro, Sueliton e Josa; Jiménez (Gabriel Araújo, 17/2T), Lui Henrique e Fábio (Rafael Assis, 26/2T); Thiago, Odilávio (Maylson, 17/2T) e Robinho. Técnico: Márcio Goiano

Escalação do Salgueiro (melhor: Luciano; piores: 1 Willian, 2 Piauí)
Luciano; Guilherme Lucena, Jamerson, Kevyn e Igor João; Bruno Sena, Mardley e Renato (Muller Fernandes, intervalo); JP (Thomas Anderson 20/2T), Willian Anicete e Piauí (Tarcísio, 10/2T). Técnico: Sérgio China

Histórico de Náutico x Salgueiro (todos os mandos)
35 jogos
17 vitórias alvirrubras (48,5%)
7 empates (20,0%)
11 vitórias salgueirenses (31,4%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Celso Ishigami e João de Andrade):

Léo Lemos/Náutico


Compartilhe!