Compartilhe!

Rede Globo/reprodução

O Náutico chegou a ficar próximo da classificação ao mata-mata da Copinha, mas acabou tomando uma virada no terceiro (e último) jogo do grupo 8. Assim, o alvirrubro se despediu mais uma vez logo na primeira fase do torneio mais tradicional do país na categoria júnior. E vem sendo algo recorrente, com a 5ª eliminação precoce nas últimas 6 participações.

Desta vez, pesou o fator campo. O timbu jogou em Rio Claro, a 173 quilômetros da capital. E não se trata do gramado, pois o Estádio Benito Castellano apresentou boas condições. A observação é sobre a composição da chave, com dois times do próprio município, o Rio Claro e o Velo Clube. Ou seja, com o apoio na arquibancada.

Até foram jogos duros, mas o timbu perdeu ambos. A única vitória foi o 5 x 1 no Marília, com gols de cinco jogadores (Luís Felipe, Jr. Carpina, Juninho, Normando e Thiago). Individualmente, o destaque foi o atacante Thiago, com 1 gol e 2 assistências, arisco na ponta direita. Recentemente, ele estreou no profissional – inclusive, fez o gol sobre o Newell’s. Agora, será reaproveitado no time principal. Ao menos, um saldo positivo em SP…

Time-base do Náutico na Copinha de 2019
João Vitor; Christiano, Wendel, Celestino e Carlão; Miro, Neto e Wagninho; Luís Felipe, Júlio e Thiago. Técnico: Dudu Capixaba

A campanha alvirrubra
03/01 – Náutico 0 x 2 Rio Claro-SP (mandante)
05/01 – Náutico 5 x 1 Marília-MA
09/01 – Náutico 1 x 2 Velo Clube-SP (mandante)

Náutico na Copa São Paulo nesta década
2011 – não disputou
2012 – não disputou
2013 – 2ª fase (2V, 1E e 1D)
2014 – Fase de grupos (0V, 2E e 1D)
2015 – Fase de grupos (1V, 1E e 1D)
2016 – Fase de grupos (0V, 2E e 1D)
2017 – 3ª fase (3V, 1E e 1D)
2018 – Fase de grupos (1V, 1E e 1D)
2019 – Fase de grupos (1V, 0E e 2D)

Histórico geral do alvirrubro (13 participações)
44 jogos
8 vitórias (18,1%)
15 empates (34,0%)
21 derrotas (47,7%)
39 pontos, com 29,5% de aproveitamento

Velo Clube/instagram (@veloclubeoficial)


Compartilhe!