Compartilhe!

Léo Lemos/Náutico

Com um “plot twist” ainda no primeiro tempo, o Náutico conseguiu ser superior ao Sampaio Corrêa e conseguia a 2ª vitória em 5 jogos na Copa do Nordeste. No grupo A seria suficiente para integrar o G4, mas no B, a chave com mais pontos nesta edição, o timbu segue fora da zona de classificação, embora tenha encostado. Diante do atual campeão regional, que faz péssima campanha (1 ponto em 15 possíveis), o timbu precisou virar para 2 x 1 nos Aflitos.

Na primeira metade do 1T, o jogo foi até equilibrado, com boas oportunidades de ambos os lados. Neste cenário, melhor para o time maranhense, que abriu o placar num golaço de Samurai. A reviravolta aconteceu entre os minutos 29 e 31. Começou com o visitante perdendo uma ótima oportunidade, em outra bola esticada marcada com os olhos. Na sequência, o lateral-direito Hereda empatou num chute de fora da área, de canhota (!). Depois, o lateral Patric Calmon fez falta dura em Thiago e recebeu o segundo amarelo.

Com o empate tranquilizando a torcida e a vantagem numérica em campo, o alvirrubro dominou as ações. O 2T começou logo com a virada, numa boa trama encerrada com Robinho – o melhor da partida, alinhando velocidade e inteligência tática. Enquanto o treinador do Sampaio mudar o setor ofensivo, numa tentativa desesperada pelo empate, o Náutico desperdiçou várias oportunidades – a única brecha deixada para alguma surpresa final, que não aconteceu. Restando três jogos, CRB (fora), Altos (casa) e Vitória (fora), o campeão pernambucano se recolocada na briga pela classificação ao mata-mata, um cenário em falta desde a retomada da competição, em 2013.

Escalação do Náutico (melhores: 1 Robinho, 2 Hereda, 3 Danilo Pires)
Bruno; Hereda, Rafael Ribeiro, Sueliton e Josa; Jiménez (Maylson, 26/2T), Luiz Henrique e Fábio (Danilo Pires, intervalo); Thiago, Odilávio (Rafael Assis, 38/2T) e Robinho. Técnico: Márcio Goiano

Escalação do Sampaio (melhor: Samurai; pior: Calmon)
Rodrigo Carvalho; Wanderson, Vitor Salvador, Odair e Patric Calmon; Patrick Mota, Dedé (Salatiel, 30/2T), Lucas Gabriel e Eloir; Maxuell Samurai (Cleitinho, 33/2T) e Edgar (Cristian, 26/2T). Técnico: Julinho Camargo

Histórico geral de Náutico x Sampaio (todos os mandos)
18 jogos
8 vitórias alvirrubras (44,4%)
4 empates (22,2%)
6 vitórias maranhenses (33,3%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Fred Figueiroa e João de Andrade):

Léo Lemos/Náutico


Compartilhe!