Compartilhe!

Antes de a bola rolar na final, já há a certeza de um campeão inédito na Copa do Nordeste. Será o 9º vencedor diferente em 16 edições. Em 2019, Botafogo e Fortaleza chegam à última fase após muitos anos de espera, com 15 participações do alvinegro e 11 do tricolor.

Ambos com campanhas sólidas. O leão do pici tem o melhor ataque (17 gols) e a autoridade paraibana tem a melhor defesa (5 gols), em dez partidas disputadas. Um desses irá suceder o Sampaio, cuja taça no ano passado também foi inédita. No papel, trata-se de um duelo “A” x “C”, com um investimento muito forte por parte do clube cearense, com quase 30 mil sócios – enquanto o time de João Pessoa quer chegar a 2 mil adimplentes. Essa diferença, porém, pode ser minimizada.

Primeiro, pelo fato de o jogo de volta da decisão estar programado para o Almeidão, devido à maior pontuação geral. Segundo, porque a partida ocorreu na fase de grupos, no mesmo local, e o Bota venceu por 1 x 0, com o atacante Paulo Renê balançando as redes aos 44 do 2º tempo. Na ocasião, o resultado foi tratado como surpresa, mas a campanha do alvinegro, ainda invicto, deixa o acaso de lado. Por fim, o Fortaleza de Rogério Ceni tende a compartilhar o mês de maio entre o sonho da orelhuda dourada e a pesada tabela da Série A.

Tecnicamente, o time do Fortaleza é superior. Fisicamente, também será? É uma pergunta importante para os 180 minutos de um confronto interessante, cujo vencedor dará ao seu estado o 2º título regional – ficando só abaixo de BA e PE. Em ambos os casos, naturalmente o primeiro foi conquistado pelo rival. Ou seja, vale a igualdade no forte debate caseiro…

Campanhas gerais na edição de 2019
24 pontos – Botafogo (7V, 3E e 0D; com 15 GP e 5 GC)
19 pontos – Fortaleza (5V, 4E e 1D; com 17 GP e 6 GC)

As datas reservadas para a final
23/05, 21h30 – Castelão, Fortaleza (ida) – SBT, Fox e Youtube
29/05, 20h00 – Almeidão, João Pessoa (volta) – SBT, Fox e Youtube

Time titular do Fortaleza na semifinal (4-3-3)
Boeck; Tinga, Nathan, Roger Carvalho e Bruno Melo; Paulo Roberto, Edinho e Dodô; Osvaldo, Júnior Santos e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni

Time titular do Botafogo na semifinal (4-3-3)
Saulo; Israel, Lula, Donato e Fábio Alves; Rogério, Marcus Vinícius e Marco Aurélio; Juninho, Clayton e Nando. Técnico Evaristo Piza

Um breve resumo sobre os 15 títulos do Nordestão espalhados entre 1994 e 2018 – o torneio foi intermitente por anos. Fortaleza ou Botafogo? Ceará ou Paraíba? Vale um degrau a mais.

Nº de títulos por clube
4 – Vitória (97, 99, 03 e 10)
3 – Sport (94, 00 e 14) e Bahia (01, 02 e 17)
1 – América de Natal (98), Campinense (13), Ceará (15), Santa Cruz (16) e Sampaio Corrêa (18)

Nº de títulos por estado
7 – Bahia (97, 99, 01, 02, 03, 10 e 17)
4 – Pernambuco (94, 00, 14 e 16)
1 – Rio Grande do Norte (98), Paraíba (13), Ceará (15) e Maranhão (18)

Leia mais sobre o assunto
Botafogo vence o Náutico com gol aos 44/2T e chega à 1ª final do Nordestão

Em jogo equilibrado, Fortaleza vence o Santa e vai à final do Nordestão pela 1ª vez


Compartilhe!