Compartilhe!

O ranking de sócios no G7 do Nordeste, com o Bahia assumindo a liderança em 2019.

Em maio de 2018, com com o blog em seu primeiro mês, publiquei um levantamento sobre o número de sócios titulares adimplentes dos maiores clubes do Nordeste, o “G7”, composto pelos três grandes do Recife, os dois de Salvador e os dois de Fortaleza. Passado um ano, hora de atualizar os dados, com mudanças significativas no ranking e nas receitas. Em doze meses, o quadro passou de 105 mil para 128 mil sócios, com 23.379 adesões, num aumento de 22,2%.

Em relação à quantidade de associados em dia, considerando dados oficiais (divulgados ou apurados), o Bahia segue num ritmo forte, com seguidas metas batidas na temporada – sendo o principal responsável pela elevação geral. Chegou a 25 mil em 21/01, a 30 mil em 23/04 e a 35 mil em 27/05, uma marca inédita na região – o clube projetava isso em dezembro. O Baêa tem a particularidade de não ter dependentes. Ou seja, os mais jovens também pagam. Ao contrário do Sport, que ainda tem planos com dependentes livres – algo que deve mudar a partir de agora. No cenário atual, rebaixado, o leão pernambucano perdeu 9 mil sócios.

Embora o número de sócios titulares em dia siga satisfatório na Ilha, a redução foi drástica e impactou no orçamento. Vale lembrar que o levantamento conta apenas os titulares, pois o rubro-negro tem 41 mil sócios. Cenário que também se aplica ao Fortaleza, que contabiliza todos os sócios. Em 23/05, o tricolor alencarino celebrou a marca de 30 mil ativos. Contudo, uma reportagem do jornal O Povo informou que o número de titulares do leão do pici seria de 22 mil, com R$ 1 milhão/mês – de toda forma, recorde no estado. Ainda falando do futebol cearense, o Ceará é o clube com o dado mais defasado aqui. Entrei em contato, mas ainda não obtive resposta. Por isso, considerei o dado informado, em maio, no torcedômetro da Ambev.

Na sequência, Vitória e Náutico aparecem acima de 10 mil, ambos com retomada no quadro – no alvirrubro, um crescimento de 131% após o lançamento da nova campanha, iniciada em novembro, época na qual estava ainda pior, com apenas 2 mil associados. Agora em último, o Santa Cruz, que se mantém num patamar entre 4 e 5 mil sócios, apesar dos benefícios apresentados para a aquisição de ingressos no Arruda. A direção trata a marca de 10 mil como mínima para deixar o clube com as contas (do mês) equilibradas. Por fim, também vale citar o CSA, hoje presente na primeira divisão nacional. O azulão de Maceió saltou de 4.647 para 9.244 sócios no mesmo período, com 4.597 adesões (+98%).

Curiosidade – Por cidade, o volume atual de sócios em dia é o seguinte: 47.470 em Salvador (+21.470 em um ano), 43.163 em Fortaleza (+5.165) e 37.956 no Recife (-3.256).

Total de sócios titulares adimplentes em 05/2019 (entre parênteses, a atualização)
1º) 35.000 – Bahia (27/05), ou 27,2% do G7 (Série A)
2º) 23.000 – Sport (28/05), ou 17,8% (B)
3º) 22.000 – Fortaleza (22/05), ou 17,1% (A)
4º) 21.163 – Ceará (10/05), ou 16,4% (A)
5º) 12.470 – Vitória (27/05), ou 9,6% (B)
6º) 10.396 – Náutico (28/05), ou 8,0% (C)
7º) 4.560 – Santa Cruz (28/05), ou 3,5% (C)
Total no G7: 128.589 sócios em dia

Total de sócios titulares adimplentes em 05/2018 (entre parênteses, a atualização)
1º) 32.000 – Sport (17/05), ou 30,4% do G7 (Série A)
2º) 19.086 – Fortaleza (17/05), ou 18,1% (B)
3º) 18.912 – Ceará (14/05), ou 17,9% (A)
4º) 16.000 – Bahia (15/05), ou 15,2% (A)
5º) 10.000 – Vitória (03/04), ou 9,5% (A)
6º) 4.730 – Santa Cruz (30/04), ou 4,5% (C)
7º) 4.482 – Náutico (17/05), ou 4,2% (C)
Total no G7: 105.210 sócios em dia

Variação de maio de 2019 sobre maio de 2018 (e o % de mudança)
1º) +19.000 – Bahia (+118,7%)
2º) +5.914 – Náutico (+131,9%)
3º) +2.914 – Fortaleza (15,2%)
4º) +2.470 – Vitória (+24,7%)
5º) +2.251 – Ceará (+11,9%)
6º) -170 – Santa Cruz (-3,5%)
7º) -9.000 – Sport (-28,1%)

Em relação ao faturamento com as mensalidades, o comparativo no blog ocorre a partir dos últimos balanços divulgados pelos clubes, referentes a 2017 e 2018. No primeiro ano, as mensalidades do G7 do NE geraram R$ 40,46 milhões. Infelizmente, devido à divulgação pouco detalhada nos balanços de Vitória e Náutico, não será possível informar o número total do G7 em 2018. Porém, é certo que esta receita cresceu, uma vez que a soma dos cinco times que divulgaram o dado chega a R$ 43,45 milhões. Nos dois anos, o Sport registrou a maior arrecadação com sócios, na casa de R$ 13 milhões. Em 2019, o Bahia está arrecadando cerca de R$ 2 mi/mês, com a provável liderança (saberemos nos próximos balanços, em 04/2020).

Receita com mensalidades de janeiro a dezembro 2017 (e o % sobre a receita total)*
R$ 12,91 milhões (11,8%) – Sport (Série A)
R$ 6,52 milhões (6,2%) – Bahia (A)
R$ 5,77 milhões (24,2%) – Fortaleza (C)
R$ 5,55 milhões (6,3%) – Vitória (A)
R$ 4,22 milhões (21,2%) – Náutico (B)
R$ 3,48 milhões (21,9%) – Santa Cruz (B)
R$ 2,01 milhões (6,3%) – Ceará (B)
* Dados obtidos nos respectivos balanços financeiros

Receita com mensalidades de janeiro a dezembro 2018 (e o % sobre a receita total)*
1º) R$ 13,86 milhões (13,3%) – Sport (Série A)
2º) R$ 12,25 milhões (23,7%) – Fortaleza (B)
3º) R$ 9,27 milhões (6,8%) – Bahia (A)
4º) R$ 7,08 milhões (10,9%) – Ceará (A)
5º) R$ 997 mil (11,3%) – Santa Cruz (C)
* Dados obtidos nos respectivos balanços financeiros (Náutico e Vitória não revelaram)

A seguir, um resumo de todos os planos disponíveis nas campanhas de sócios do G7. Ao todo são 59 planos diferentes, com o Ceará sendo recordista de categorias (20!) e o Vitória o mais simples (apenas 3). O plano mais barato custa R$ 9,90 por mês, no Santa, enquanto o mais caro sai por R$ 385, no Sport. Além disso, existem categorias para beneficiários de programas sociais do governo, para adolescentes, mulheres, idosos e torcedores de outros estados.

Bahia (Sócio Esquadrão, 7 categorias)
R$ 10,00 – Esquadrãozinho (preferência no acesso ao campo; até 11 anos)
R$ 45,00 – Contribuinte (desconto em ingressos)
R$ 45,00 – Bermuda e Camiseta (acesso garantido ao setor leste; renda até R$ 1.500)
R$ 60,00 – Bahia da Massa (acesso garantido no leste superior da Fonte Nova)
R$ 90,00 – Esquadrão (acesso garantido aos setores norte e leste, inferior e intermediário)
R$ 120,00 – Cadeira Especial (acesso garantido no oeste inferior da Fonte nova)
R$ 240,00 – Lounge (acesso garantido ao setor lounge da Fonte Nova)
Link: minhaarea.socioesquadrao.com.br

Ceará (Sou Mais Ceará; 20 categorias)
Consulado (para torcedores de outros estados), por R$ 20,00, R$ 35,00 ou R$ 52,50
Campeão da Popularidade (com descontos em ingressos), por R$ 20,00, R$ 25,00 ou R$ 52,50
R$ 12,50 – Kids (acesso ao setor vinculado ao titular; até 11 anos)
R$ 60,00 – Bronze; Teen, Gloriosa e Sênior (acesso garantido à arquibancada inferior)
R$ 70,00 – Tradicional Bronze (acesso garantido na arquibancada superior)
R$ 75,00 – Prata; Teen, Gloriosa e Sênior (acesso garantido à arquibancada superior)
R$ 92,50 – Tradicional Prata (acesso garantido na arquibancada inferior)
R$ 120,00 – Ouro; Teen, Gloriosa e Sênior (acesso garantido ao setor premium
R$ 160,00 – Tradicional Ouro (acesso garantido no setor premium)
R$ 200,00 – Diamante (acesso garantido a qualquer setor do Castelão, exceto camarote)
* Teen (jovens até 17 anos), Gloriosa (mulheres a partir de 18 anos), Sênior (a partir de 60 anos)
Link: soumais.cearasc.com

Fortaleza (Sócio-Torcedor, 7 categorias)
R$ 24,90 – Leão pelo Brasil (torcedores em outros estados)
R$ 34,90 – Leão Kids (100% de desconto no ingresso; até 12 anos)
R$ 54,90 – Leão Fiel (100% de desconto no ingresso; sem dependentes)
R$ 79,90 – Leão de Aço (100% de desconto no ingresso; com dependentes)
R$ 154,90 – Leão do Pici (100% de desconto no ingresso; até 2 dependentes)
R$ 169,90 – Sócio Proprietário (100% de desconto no ingresso; até 2 dependentes)
R$ 250,00 – Conselheiro (100% de desconto no ingresso; até 2 dependentes)
Link: sociofortaleza.com.br

Náutico (Nação Timbu, 8 categorias)
R$ 11,00 – Sou Nação (100% de desconto no ingresso; para beneficiários do Bolsa Família)
R$ 12,90 – Confraria (para torcedores de outros estados, 1 ingresso quando jogar na sua cidade)
R$ 29,90 – Standard (50% de desconto no ingresso)
R$ 59,90 – Torcedor Timbu (60% de desconto no ingresso)
R$ 69,90 – Patrimonial (70% de desconto no ingresso para titular e dependentes)
R$ 89,90 – Contribuinte (70% de desconto no ingresso para titular e dependentes)
R$ 99,90 – VIP (100% de desconto no ingresso)
R$ 149,90 – VIP Família (100% de desconto no ingresso para titular e dependentes)
Link: socio-nautico.futebolcard.com

Santa Cruz (Tricolor de Coração, 6 categorias)
R$ 9,90 – Contribuinte (prioridade na compra de ingressos)
R$ 29,90 – Bronze (100% de desconto no anel superior ou na barra do canal)
R$ 39,90 – Prata (100% de desconto em 3 setores e 50% nas sociais)
R$ 59,90 – Prata Família (100% de desconto em 3 setores e 50% nas sociais; até 4 dependentes)
R$ 99,90 – Ouro (100% de desconto em ingressos, exceto nas cadeiras; até 4 dependentes)
R$ 199,90 – Diamante (100% de desconto em qualquer setor do Arruda; até 4 dependentes)
Link: socio.santacruzpe.com.br

Sport (Abraço de tão forte não tem separação, 8 categorias)
R$ 10,00 – Nação (ingresso para a arquibancada da sede; p/ beneficiários do Bolsa Família)
R$ 13,05 – Ilha (torcedores em outros estados; 1 ingresso por ano)
R$ 25,00 – Sócio Juvenil (desconto em ingressos; até 17 anos)
R$ 30,00 – Torcedor (acesso à arquibancada da sede e desconto em outros setores)
R$ 48,00 – Preto (desconto em ingressos e acesso à sede social)
R$ 75,00 – Prata (100% de desconto para o assento especial)
R$ 193,00 – Vermelho (100% de desconto na cadeira de ampliação; até 3 dependentes)
R$ 385,00 – Ouro (acesso garantido em qualquer setor da Ilha ou Arena; até 3 dependentes)
Link: sportrecife.com.br/seja-socio

Vitória (Sou + Vitória, 3 categorias)
R$ 25,00 – Bronze (70% de desconto na arquibancada; sem dependentes)
R$ 50,00 – Prata (100% de desconto na arquibancada; até 3 dependentes)
R$ 100,00 – Ouro (100% de desconto na cadeira; até 3 dependentes)
Link: socio-vitoria.futebolcard.com


Compartilhe!