Compartilhe!

Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Aos 40 minutos do segundo tempo, com a partida já nervosa para os leoninos, o Cruzeiro teve um pênalti a favor. Na cobrança, Raniel, revelado pelo Santa. Na barra, Magrão. Em seu 720º jogo pelo Sport, o goleiro defendeu uma penalidade pela 33ª vez – sendo a 3ª neste ano. Na sequência, ainda fez outra defesaça. Se o leão não conseguiu conseguiu a vitória, que teria tirado o time do Z4, ao menos o ídolo garantiu um pontinho, que talvez sirva a longo prazo.

Na Ilha do Retiro, com 9.525 torcedores, o Sport errou bastante no primeiro tempo. Embora Mano Menezes tenha escalado um misto, o time mineiro seguia com valores técnicos acima do mandante – e chegou a marcar, através do argentino Barcos, com a arbitragem assinalado impedimento (inexistente) no rebote.

Àquela altura, valia o destaque para o estreante Marcão, vindo da Série C e dando conta do recado na conturbada posição de primeiro volante – uma lacuna enorme desde a saída de Anselmo, após a 9ª rodada. Na retomada, o técnico Eduardo Baptista promoveu outra estreia, a do segundo volante Jair, no lugar do amarelado Neto Moura.

Com personalidade, o jogador, que estava na Série B, conseguiu acertar passes verticais e colaborou na marcação junto a Marcão, numa atuação há tempos em falta no setor. A bronca é que à frente as peças ofensivas produziram pouco – com Andrigo destoando demais, de novo. Não por acaso, o Sport fez apenas 1 gol nas últimas seis rodadas! No fim, apesar das boas chances para os dois lados, 0 x 0. Se a vitória sobre o Paraná, há duas rodadas, deixou uma séria dúvida sobre a qualidade do futebol rubro-negro, desta vez o segundo tempo deixou uma ponta de esperança nesta Série A, apesar de o time só ter somado um ponto…

Escalação do Sport (melhores: 1 Magrão, 2 Jair, 3 Marcão; piores: 1 Andrigo, 2 Rogério)
Magrão; Ernando (Raul Prata, intervalo), Ronaldo Alves, Durval e Sander; Marcão, Neto Moura (Jair, intervalo) e Andrigo (Mateus Gonçalves, 27/2T); Marlone, Brocador e Rogério

Histórico geral de Sport x Cruzeiro (todos os mandos)
43 jogos
9 vitórias rubro-negras (20,9%)
13 empates (30,2%)
21 vitórias mineiras (48,8%)

Histórico de Sport x Cruzeiro pela Série A (todos os mandos)
38 jogos
9 vitórias rubro-negras (23,6%)
10 empates (26,3%)
19 vitórias mineiras (50,0%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Fred Figueiroa e Lucas Fitipaldi)

Williams Aguiar/Sport Club do Recife


Compartilhe!