Compartilhe!

O Náutico foi campeão brasileiro em São Luís. Taça inédita. Foto: Thaís Magalhães/CBF.

Coube ao capitão Josa erguer a taça da Série C no Castelão. O experiente volante festejou com os companheiros a conquista inédita do Náutico, que entrou na galeria dos campeões nacionais do futebol nordestino, numa história escrita há mais de 60 anos.

Este título em 2019, diante do Sampaio Corrêa, veio com a vitória por 3 x 1 na ida e o empate em 2 x 2 na volta, com o gol definitivo de Matheus Carvalho num contragolpe aos 39 do segundo tempo. O Náutico foi campeão da terceirona tendo apenas três participações – de 1971 a 2019 são 27 campanhas na Série A, 20 na B e 3 na C. Abaixo, observações sobre a representatividade desta conquista, a 4ª da região nas últimas três temporadas, todas em divisões de acesso. Taça é taça.

O que representou o título do Náutico
– Foi o primeiro título nacional do alvirrubro, que já havia ficado com o vice-campeonato em três oportunidades. Em 1967, na Taça Brasil, hoje equiparada à Série A, e em 1988 e 2011 na Série B – sendo que a segunda campanha já foi na era dos pontos corridos.

– O timbu tornou-se o 11º time do NE a ganhar um título nacional oficial. Com isso, Pernambuco obteve a 5ª taça e abriu vantagem neste cenário, com 2 troféus à frente de Maranhão e Ceará.

– Foi o 16º título nacional do Nordeste, que agora tem o seguinte retrospecto de taças: 2 títulos da Série A, 1 da Taça Brasil, 1 da Copa do Brasil, 3 da Série B, 5 da Série C e 4 da Série D.

A cronologia dos títulos nacionais do Nordeste
1º) 29/03/1960 – Bahia* 3 x 1 Santos (Taça Brasil de 59)
2º) 17/12/1972 – Sampaio Corrêa* (5) 1 x 1 (4) Campinense (Série B)
3º) 07/02/1988 – Sport* 1 x 0 Guarani (Série A de 87)
4º) 19/02/1989 – Internacional 0 x 0 Bahia* (Série A de 88)
5º) 16/12/1990 – Sport* 0 x 0 Atlético-PR (Série B)
6º) 30/11/1997 – Sampaio Corrêa* 3 x 1 Francana (Série C)
7º) 11/06/2008 – Sport* 2 x 0 Corinthians (Copa do Brasil)
8º) 14/11/2010 – Guarany de Sobral* 4 x 1 América-AM (Série D)
9º) 20/11/2010 – ABC* 0 x 0 Ituiutaba (Série C)
10º) 21/10/2012 – Sampaio Corrêa* 2 x 0 Crac (Série D)
11º) 03/11/2013 – Botafogo-PB* 2 x 0 Juventude (Série D)
12º) 01/12/2013 – Santa Cruz* 2 x 1 Sampaio Corrêa (Série C)
13º) 21/10/2017 – CSA* 0 x 0 Fortaleza (Série C)
14º) 04/08/2018 – Treze 1 x 0 Ferroviário* (Série D)
15º) 10/11/2018 – Avaí 0 x 1 Fortaleza* (Série B)
16º) 06/10/2019 – Sampaio Corrêa 2 x 2 Náutico* (Série C)
* Campeão

Os clubes nordestinos com conquistas nacionais*
3x – Sport (PE; A 1987, B 1990 e CdB 2008)
3x – Sampaio Corrêa (MA; B 1972, C 1997 e D 2012)
2x – Bahia (BA; TB 1959 e A 1988)
1x – Guarany (CE; D 2010)
1x – ABC (RN; C 2010)
1x – Botafogo (PB; D 2013)
1x – Santa Cruz (PE; C 2013)
1x – CSA (AL; C 2017)
1x – Ferroviário (CE; D 2018)
1x – Fortaleza (CE; B 2018)
1x – Náutico (PE; C 2019)
* Desconsiderando o peso de cada título, com ordem a partir da última taça

Os estados nordestinos com conquistas nacionais*
5x – Pernambuco (A 1987, B 1990, CdB 2008 e C 2013 e 2019)
3x – Maranhão (B 1972, C 1997 e D 2012)
3x – Ceará (D 2010 e 2018 e B 2018)
2x – Bahia (TB 1959 e A 1988)
1x – Rio Grande do Norte (C 2010)
1x – Paraíba (D 2013)
1x – Alagoas (C 2017)
* Desconsiderando o peso de cada título, com ordem a partir da última taça

Legenda: Série A (A), Taça Brasil (TB), Copa do Brasil (CdB), Série B (B), Série C (C) e Série D (D).

Leia mais sobre o assunto
O retrospecto histórico do Náutico com os jogos oficiais de 1909 a 2019


Compartilhe!