Compartilhe!

Pela primeira vez em mais de 100 anos, América e Náutico se enfrentam de portões fechados.

Numa ironia do destino, a situação acontece justamente no 300º capítulo do “Clássico da Técnica e da Disciplina”. Sim, outrora o Mequinha fazia clássicos contra os grandes clubes.

O que chama a atenção neste jogo sem torcida é o motivo. Foi um pedido da Polícia Militar, que vetou a liberação de público em jogos contra Náutico, Santa e Sport – sim, pois o alviverde recebeu torcida contra outros dois times no local (vs Afogados e Central). Na prática, a mudança se deve ao crescimento no entorno do estádio em Paulista, com conjuntos habitacionais. Ou seja, a perspectiva de público numeroso seria um problema – devido ao “entulho acumulado”. Não faz muito sentido, ainda mais num palco municipal com 12.500 lugares. Que a prefeitura e o comando da PM normalizem essa situação, em vez de inviabilizar um estádio desse tamanho.

Nº de clássicos envolvendo o Mequinha (até 10/03/2019)
317 – Clássico da Amizade (América x Santa Cruz)
300 – Clássico da Técnica e da Disciplina (América x Náutico)
292 – Clássico dos Campeões (América x Sport)

Eis o ofício da FPF sobre a ausência de público na partida.


Compartilhe!