Compartilhe!

A Fifa divulgou os dez finalistas do Prêmio Puskas, oferecido ao gol mais bonito da temporada. Considerando o período entre 03/07/2017 e 15/07/2018, a Copa do Mundo teve um peso enorme, emplacando quatro concorrentes – um deles de Lionel Messi, que acabou fora do The Best, o prêmio de melhor jogador, após doze anos consecutivos entre os três finalistas.

Sobre o gol mais bonito, um deles foi anotado no Brasil – mas por um uruguaio. Num clássico mineiro contra o América, pelo Estadual, Arrascaeta mandou de voleio e decidiu a partida no Mineirão. No histórico do Puskas, dois vencedores marcaram os seus gols antológicos em gramados do país. Sobre o Mundial na Rússia, os quatro lances escolhidos foram, de fato, espetaculares, com a velocidade de Messi para dominar e chutar, a precisão de Pavard, a extrema categoria de Quaresma e a força de Cheryshev. Ainda é preciso destacar as duas bicicletas do Real Madrid na rota pelo 13º título europeu, com CR7 e Bale. Abaixo, o vídeo com os dez gols. Qual o seu favorito?

A escolha será feita através do voto popular, no site da Fifa. Para participar, clique aqui.

O vencedor do gol mais bonito será anunciado em 24 de setembro, numa cerimônia da Fifa em Londres, que terá Cristiano Ronaldo, Luka Modric e Mohamed Salah concorrendo ao prêmio de melhor jogador (como aconteceu na Uefa, com vitória do croata).

Os 10 finalistas do Prêmio Puskas 2017/2018, pela ordem do vídeo
-Cheryshev, russo (Rússia* (3) 2 x 2 (4) Croácia, quartas da Copa do Mundo)
-Messi, argentino (Argentina* 2 x 1 Nigéria, 1ª fase da Copa do Mundo)
-Pavard, francês (França* 4 x 3 Argentina, oitavas da Copa do Mundo)
-Gareth Bale, galês (Real Madrid* 3 x 1 Liverpool, final da Champions League)
-Salah, egípcio (Liverpool* 1 x 1 Everton, campeonato inglês)
-De Arrascaeta, uruguaio (Cruzeiro* 1 x 0 América, campeonato mineiro)
-Riley McGree, australiano (Newcastle Jets* 2 x 1 Melbourne City, campeonato australiano)
-Cristiano Ronaldo, português (Juventus 0 x 3 Real Madrid*, quartas da Champions League)
-Christodoulopoulos, grego (AEK* 3 x 2 Olympiacos, campeonato grego)
-Ricardo Quaresma, português (Portugal* 1 x 1 Irã, 1ª fase da Copa do Mundo)
* O time do jogador

Os vencedores do Prêmio Puskas
2009 – Cristiano Ronaldo, português (Porto 0 x 1 Manchester United*, Champions League)
2010 – Altintop, turco (Cazaquistão 0 x 3 Turquia*, Eliminatórias da Eurocopa)
2011 – Neymar, brasileiro (Santos* 4 x 5 Flamengo, Brasileirão)
2012 – Stoch, eslovaco (Fenerbahçce* 6 x 1 Gençlerbirligi, campeonato turco)
2013 – Ibrahimovic, sueco (Suécia* 4 x 2 Inglaterra, amistoso)
2014 – James Rodríguez, colombiano (Colômbia* 2 x 0 Uruguai, Copa do Mundo)
2015 – Wendell Lira, brasileiro (Atlético-GO 1 x 2 Goianésia*, campeonato goiano)
2016 – Mohd Faiz, malaio (Penang* 4 x 1 Pahang, campeonato malaio)
2017 – Giroud, francês (Arsenal* 2 x 0 Crystal Palace, campeonato inglês)
* O time do jogador


Compartilhe!