Compartilhe!

Anualmente, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulga a estimativa populacional do Brasil, com dados nacionais, estaduais e municipais. O quadro demográfico é sempre fechado em julho e publicado no Diário Oficial da União no fim de agosto. O levantamento do IBGE em 2018 indica que somos 208 milhões. Meramente como curiosidade, costumo projetar esses dados, a cada atualização, com os percentuais mais recentes sobre as torcidas dos clubes de futebol, sobretudo os pernambucanos – neste caso, índice mensurados por institutos privados, como Ibope e Datafolha.

Nesta publicação, trago cinco cenários: Recife, Grande Recife, Pernambuco, Nordeste e Brasil. As diferenças nos índices/dados absolutos podem ser explicadas tanto pela margem de erro de cada estudo quanto pelas amostragens (quanto mais gente ouvida, teoricamente melhor). Em relação à época da publicação original, o percentual mais defasado, hoje, é justamente o de Pernambuco, com entrevistas ainda no fim de 2013.

Em relação à pesquisa nacional mais recente, a última apresentada foi a do Ibope, em maio, mas com dados colhidos no segundo semestre de 2017. Em abril, o Datafolha apresentou um levantamento realizado no início do ano. Embora a pesquisa de campo seja, na prática, mais recente, desconsiderei nesta postagem porque apenas 14 clubes foram divulgados – com os demais, incluindo os pernambucanos, embolados na opção “outros times”.

Sobre pesquisa nacional do Ibope, através do seu braço corporativo “Repucom”, vale destacar que os percentuais foram traçados a partir do quadro divulgado pelo instituto, com uma população absoluta de 159,7 milhões – pessoas acima de 16 anos. Para padronizar com todas as outras, com dados absolutos e respostas apenas sobre o primeiro time, converti os percentuais de cada time sobre 208,4 mi.

Lembrando sempre que o IBGE jamais mensurou o tamanho das torcidas dos clubes brasileiros. E provavelmente seguirá assim no próximo censo oficial, a ser realizado em 2020.

Abaixo, as maiores torcidas nos cenários e os pernambucanos presentes.

Brasil (208.494.900 habitantes)
Ibope-Repucom 2018
Período: junho e agosto de 2017
Público: 8 mil pessoas, sendo 6 mil presenciais e 2 mil online (nº de municípios não divulgado)
Margem de erro: não divulgada

1º) Flamengo – 16,09% (33.546.829)
2º) Corinthians – 13,14% (27.396.229)
3º) São Paulo – 6,88% (14.344.449)
4º) Palmeiras – 6,38% (13.301.974)
5º) Vasco – 4,13% (8.610.839)
6º) Grêmio – 2,75% (5.733.609)
7º) Santos – 2,50% (5.212.372)
8º) Cruzeiro – 2,44% (5.087.275)
9º) Internacional – 2,19% (4.566.038)
10º) Atlético-MG – 2,12% (4.420.091)
11º) Sport – 1,18% (2.460.239)
12º) Fluminense – 1,16% (2.418.540)
13º) Bahia – 1,11% (2.314.293)
14º) Botafogo – 1,10% (2.293.443)
15º) Vitória – 0,76% (1.584.561)
16º) Ceará – 0,70% (1.459.464)
17º) Santa Cruz – 0,66% (1.376.066)
18º) Atlético-PR – 0,53% (1.105.022)
19º) Paysandu – 0,30% (625.484)
20º) Fortaleza – 0,24% (500.387)
21º) Remo – 0,23% (479.538)
21º) Chapecoense – 0,23% (479.538)
23º) Coritiba – 0,20% (416.989)
24º) Goiás – 0,18% (375.290)
24º) Náutico – 0,18% (375.290)

Nordeste (56.760.780 habitantes)
Paraná Pesquisas 2016
Período: março a dezembro de 2016
Público: não divulgado
Margem de erro: 1,0%

1º) Flamengo – 21,5% (12.203.567)
2º) Corinthians – 9,8% (5.562.556)
3º) Bahia – 7,0% (3.973.254)
4º) São Paulo – 5,2% (2.951.560)
4º) Vasco – 5,2% (2.951.560)
6º) Palmeiras – 4,3% (2.440.713)
7º) Ceará – 4,0% (2.270.431)
8º) Sport – 3,9% (2.213.670)
9º) Fortaleza – 2,8% (1.589.301)
9º) Vitória – 2,8% (1.589.301)
11º) Santa Cruz – 2,1% (1.191.976)
12º) Botafogo – 1,6% (908.172)
13º) Náutico – 1,5% (851.411)

Pernambuco (9.496.294 habitantes)
Ibope 2014
Período: 05/12/2013 a 14/02/2014
Público: 300 entrevistados (nº de municípios não divulgado)
Margem de erro: 1,0%

1º) Sport – 26,3% (2.497.525)
2º) Santa Cruz – 24,0% (2.279.110)
3º) Corinthians – 7,3% (693.229)
4º) Náutico – 5,3% (503.303)
5º) São Paulo – 4,0% (379.851)
6º) Palmeiras – 3,3% (313.377)
7º) Flamengo – 2,3% (218.414)

Grande Recife (4.054.866 habitantes)
Exatta 2014
Período: janeiro de 2014
Público: 600 entrevistados
Margem de erro: não divulgada

1º) Sport – 42% (1.703.043)
2º) Santa Cruz – 27% (1.094.813)
3º) Náutico – 10% (405.486)

Recife (1.637.834 habitantes)
Uninassau 2018
Período: 22 e 23 de janeiro de 2018
Público: 624 entrevistados
Margem de erro: 4,0%

1º) Sport – 33,1% (542.123)
2º) Santa Cruz – 24,1% (394.717)
3º) Náutico – 11,6% (189.988)


Compartilhe!