Compartilhe!

Com uma arrancada após a pausa para a Copa do Mundo, o São Paulo ultrapassou o Fla e terminou o primeiro turno do Brasileirão de 2018 na liderança. Garantiu a ponta após vencer a Chapecoense por 2 x 0, diante de 41.075 torcedores no Morumbi. Esta é a terceira vez que o clube chega nesta condição na 19ª rodada na era dos pontos corridos. Com isso, assegurou o Troféu Osmar Santos, oferecido pelo diário Lance! há mais de uma década.

O status de “campeão do turno” é uma tradição no futebol europeu. Por lá, usa-se a alcunha simbólica de “campeão de inverno”. Aqui, a peça em homenagem ao locutor esportivo foi entregue pela 3ª vez ao tricolor paulista – de fato, a peça foi criada em 2004, mas listei os melhores abaixo considerando o Cruzeiro de 2003. Nas edições anteriores em que liderou o turno, o SPFC foi o campeão brasileiro. E a estatística é bem favorável, pois o melhor na primeira metade não ganhou a Série A apenas três vezes: Grêmio 2008 (São Paulo), Inter 2009 (Fla) e Galo 2012 (Flu).

Em relação ao cenário local, o Sport fez a sua pior campanha nesta sequência de cinco participações seguidas. Após um bom começo, quando chegou a ser vice-líder, o leão terminou o turno com nove jogos de jejum (2E e 7D). Com isso, o Bahia acabou sendo o melhor nordestino – curiosamente, terminando com uma série invicta de oito jogos (3V e 5E). Foi a primeira vez que o tricolor soteropolitano foi o melhor nordestino neste contexto.

Ah, vale lembrar que o Lance! também criou o Troféu João Saldanha, com o renomado jornalista emprestando o nome ao simbólico título do segundo turno.

Troféu Osmar Santos (1º turno da Série A)
2003 – Cruzeiro, 47 pontos (14V, 5E e 4D)*
2004 – Santos, 41 pts (13V, 2E e 8D)*
2005 – Corinthians, 42 pts (13V, 3E e 5D)**
2006 – São Paulo, 38 pts (11V, 5E e 3D)
2007 – São Paulo, 39 pts (12V, 3E e 4D)
2008 – Grêmio, 41 pts (12V, 5E e 2D) – não foi campeão brasileiro
2009 – Internacional, 37 pts (11V, 4E e 4D) – não foi campeão brasileiro
2010 – Fluminense, 38 pts (11V, 5E e 3D)
2011 – Corinthians, 37 pts (11V, 4E e 4D)
2012 – Atlético-MG, 43 pts (13V, 4E e 2D) – não foi campeão brasileiro
2013 – Cruzeiro, 40 pts (12V, 4E e 3D)
2014 – Cruzeiro, 43 pts (13V, 4E e 2D)
2015 – Corinthians, 40 pts (12V, 4E e 3D)
2016 – Palmeiras, 36 pts (11V, 3E e 5D)
2017 – Corinthians, 47 pts (14V, 5E e 0D)
2018 – São Paulo, 41 pts (12V, 5E e 2D) – a conferir

* Turno com 23 jogos
** Turno com 21 jogos

Títulos do 1º turno: Corinthians (4), Cruzeiro (3), São Paulo (3), Santos (1), Grêmio (1), Inter (1), Fluminense (1), Atlético-MG (1) e Palmeiras (1)

As melhores campanhas nordestinas no 1º turno
2003 – Vitória 16º lugar/27 pontos, Bahia 18º/25 e Fortaleza 21º/23*
2004 – Vitória 16º/29*
2005 – Fortaleza 11º/30**
2006 – Fortaleza 18º/20 e Santa Cruz 20º/18
2007 – Sport 11º/27, Náutico 18º/20 e América-RN 20º/10
2008 – Vitória 5º/32, Sport 9º/27 e Náutico 15º/21
2009 – Vitória 12º/25, Náutico 18º/18 e Sport 20º/13
2010 – Ceará 11º/25 e Vitória 15º/22
2011 – Ceará 13º/25 e Bahia 16º/20
2012 – Náutico 11º/24, Bahia 16º/17 e Sport 19º/15
2013 – Vitória 13º/22, Bahia 14º/22 e Náutico 20º/10
2014 – Sport 8º/28, Bahia 19º/17 e Vitória 20º/15
2015 – Sport 7º/31
2016 – Sport 12º/23, Vitória 14º/22 e Santa Cruz 19º/18
2017 – Sport 6º/28, Bahia 13º/23 e Vitória 18º/19
2018 – Bahia*** 11º/22, Sport 15º/20, Vitória 17º/19 e Ceará*** 19º/16

* Turno com 23 jogos
** Turno com 21 jogos
*** Ainda vão disputar 1 jogo no turno

Melhores nordestinos no 1º turno: Vitória (5), Sport (5), Fortaleza (2), Ceará (2), Náutico (1) e Bahia (1)


Compartilhe!