Compartilhe!

Sport/twitter (@sportrecife)

Em 8 de setembro de 2018 foi apresentado o livro “1987 – De fato, de direito e de cabeça”, sobre o Campeonato Brasileiro daquele ano, o mais polêmico de todos os tempos.

Escrevi o livro junto ao amigo e jornalista André Gallindo, levantando todos os detalhes sobre aquela edição, que seria discutida na justiça (2 vezes!). Com 288 páginas, preenchidas com extensa pesquisa, histórias, documentos, dezenas de entrevistas, curiosidades e fotos raras, a obra ocorreu em parceria com as editoras Onze Cultural e Zinnerama. Passado um ano, relembro os lançamentos, que ocorreram em três cidades: Recife (06/11), São Paulo (13/11) e Caruaru (01/12).

Realizado paralelamente à cobertura jornalística diária do futebol, onde tento focar os cenários pernambucano e nordestino, caso semelhante ao de André, atuando no Rio de Janeiro, esse livro foi a consequência de um trabalho iniciado ainda em 2012, com a discussão sobre a estrutura literária e a apuração dos primeiros capítulos. A própria história da competição vencida pelo Sport seria estendida, com a segunda ação chegando ao Supremo Tribunal Federal, com a resposta final saindo apenas em 2017 – ano da conclusão do livro.

Quanto aos lançamentos, todos eles estão entre os dias mais felizes da minha vida. Valeu!

Links para a compra online:
Livraria Cultura, Livraria Esportiva, Martins Fontes e Saraiva.

Resenhas:
Naief Haddad (Folha de S. Paulo), Mauro Beting (UOL) e Renata Beltrão (Lombada Quadrada).

Resenhas dos leitores:
Good Reads

Obs. 8 de setembro foi a data escolhida para o lançamento do livro porque foi neste dia, em 1987, que houve a reunião entre os representantes dos módulos amarelo e verde e da CBF, no Rio, para a definição do regulamento oficial, com a realização do quadrangular final para decidir o título de campeão brasileiro. O campeonato começaria três dias depois.


Compartilhe!