Compartilhe!

O leão voltou a vencer a categoria após dois anos. Fotos: Anderson Stevens/Sport Recife.

Em uma decisão emocionante, nos Aflitos, o Sport conquistou o título pernambucano de juniores de 2019. Dividindo as atenções com o Campeonato Brasileiro (encerrado) e a Copa do Nordeste (em andamento), o rubro-negro concentrou suas forças para a final contra o Náutico, que vinha 100% na competição.

O alvirrubro havia vencido as oito partidas anteriores e ainda ganhou o sorteio para a final única. Durante o jogo, o timbu chegou a ficar duas vezes em vantagem, através do bom meia Juninho Carpina (de pênalti) e de Emerson (chute de prima), que entrara um minuto antes. Só que o arquirrival foi buscar o empate duas vezes, em dois gols de cabeça após cobrança de escanteio. Com o lateral-artilheiro Ewerthon, que cometera a penalidade, e com o zagueiro Pedrão, 2 x 2. Este já aos 48 minutos do segundo tempo – o jogo iria até os 49.

O gol na Barra do Country, após um festival de bolas levantadas na área, levou a disputa para as penalidades, lá na outra trave. Assim como na categoria profissional, deu Sport. O Náutico perdeu logo a primeira, com Túlio encaixando o chute do zagueiro Carlão, enquanto os visitantes acertaram todas as cobranças, com Júlio, Juba, Maranhão, Ewerthon e Pardal, 4 x 5.

Taça e vagas na próxima temporada
À parte de possíveis convites, o título valeu três vagas automáticas para torneios Sub 20 em 2020: Copa São Paulo, Copa do Nordeste e Copa do Brasil. Mais do que isso, serviu para dar cancha aos valores da “geração 2002”, em breve presentes no elenco profissional – em ambos os finalistas.

Time titular do Sport na final
Túlio; Ewerthon, Arthur, Pedrão e Luciano; Matheusinho, Ítalo e Alessandro; Pablo Pardal, Rafael e Pedro Maranhão. Técnico: César Lucena

Time titular do Náutico na final
João; Bahia, Carlão, Itambé e Thassio; Miro, Luis Felipe e Juninho Carpina; Neto, Érik Maranhão e Júlio. Técnico: Levi Gomes

Campanha do Sport em 2019
11 jogos (19 GP e 10 GC)
5V, 5E e 1D
60,6% de aproveitamento

Títulos pernambucanos no Sub 20* (entre parênteses, o último título)
36x – Sport (2019)
28x – Santa Cruz (2003)
22x – Náutico (2013)
4x – Porto (2018)
3x – Torre (1922)
1x – América (1931), Íbis (1946) e Central (1983)
* Somando “terceiros quadros” (1920-1930), “juvenil” (1931-1978) e “júnior” (desde 1979)

Os 36 títulos leoninos na categoria: 1924/25, 36, 38/39/40/41/42/43, 49/50/51, 53/54/55, 57, 68, 72/73/74, 76/77, 82, 88, 92, 97/98/99, 2001, 06, 10/11, 15/16/17 e 19

Títulos no Século XXI: Sport 8x, Náutico 5x, Porto 4x e Santa Cruz 2x


Compartilhe!