Compartilhe!

São 7 títulos do Sport e 7 do Vitória. Em 2019, um clube ficará hegemônico no futebol feminino.

Em 16 edições do Campeonato Pernambucano Feminino, Sport e Vitória venceram 14 (ou 87,5%), com a hegemonia dividida após o bicampeonato das rubro-negras em 2018. Nesta temporada, os times decidem o título em jogo único, em 8 de setembro, com mando do clube leonino, na Ilha. Em caso de empate, pênaltis.

Em 2019 há uma curiosidade na briga pela taça da categoria, com o envolvimento do Santa Cruz numa parceria oficial com o tricolor das tabocas. Trata-se de algo permitido pela CBF neste momento de transição para o cumprimento da “Licença de Clubes”, que tem como exigência a atividade do departamento feminino em competições oficiais. Vice em 1999, no pioneiro Estadual da história local, o tricolor do Arruda poderá conquistar o seu primeiro troféu na companhia de outro tricolor, já tradicional na categoria.

Na semifinal, após empates na ida, os times confirmaram o favoritismo na volta – favoritismo no cenário pernambucano, pois ambos foram rebaixados na Série A1 do Brasileiro, após a redução nos investimentos. Na tarde de domingo, no Arruda, as tricolores venceram as alvirrubras por 3 x 1, gols de Nadine, Lana e Dani. No Ademir Cunha, já à noite, a atacante Esterfany fez um hat-trick e o Sport eliminou o Íbis, a maior surpresa desta edição – com a semi, já conseguiu uma campanha melhor que o time masculino em 46 participações na elite.

Taça com homenagem
Agora, as equipes que vão disputar o “Troféu Garra da Mulher Pernambucana”, em homenagem à jornalista Graça Araújo, que faleceu há um ano. Ambas têm as mesmas campanhas gerais, com a garantia que o título virá de forma invicta. Na preliminar, Náutico x Íbis vão em busca do 3º lugar, valendo a vaga na Série A2 de 2020 – ou seja, o estado terá três times na segundona nacional.

Os títulos pernambucanos femininos*
7 – Vitória (2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016)
7 – Sport (1999, 2000, 2007, 2008, 2009, 2017 e 2018)
2 – Náutico (2005 e 2006)
* Não houve disputa entre 2001 e 2004

Campanha do Sport no PE – 7 jogos; 5V e 2E; 29 GP e 1 GC
22/06 – Sport 9 x 0 Ipojuca (CT do Sport)
30/06 – Vitória/Santa 0 x 0 Sport (Barbosão)
07/07 – Sport 4 x 1 Íbis (CT do Sport)
11/08 – Central 0 x 10 Sport (Antônio Inácio)
18/08 – Sport 3 x 0 Náutico (CT do Sport)
25/08 – Íbis 0 x 0 Sport (Grito da República)
01/09 – Sport 3 x 0 Íbis (Ademir Cunha)

Campanha do Vitória/Santa no PE – 7 jogos; 5V e 2E; 32 GP e 6 GC
22/06 – Central 1 x 8 Vitória/Santa (Antônio Inácio)
30/06 – Vitória/Santa 0 x 0 Sport (Barbosão)
07/07 – Vitória/Santa 11 x 0 Ipojuca (CT do Vitória)
11/08 – Náutico 2 x 3 Vitória/Santa (CT do Náutico
18/08 – Vitória/Santa 6 x 1 Íbis (CT do Vitória)
25/08 – Náutico 1 x 1 Vitória (Aflitos)
01/09 – Vitória/Santa 3 x 1 Náutico (Arruda)

Os 9 duelos desde a volta do Sport* (4V do leão, 4E e 1V tricolor)
1º) 12/04/2017 – Vitória 1 x 3 Sport (BRA)
2º) 19/04/2017 – Sport 2 x 2 Vitória (BRA)
3º) 30/04/2017 – Vitória 1 x 1 Sport (PE)
4º) 04/06/2017 – Sport 1 x 0 Vitória (PE)
5º) 29/06/2017 – Vitória 1 x 5 Sport (PE)
6º) 01/07/2017 – Sport 1 x 1 Vitória (PE)
7º) 29/07/2018 – Sport 4 x 0 Vitória (NE)
8º) 30/06/2019 – Vitória/Santa 0 x 0 Sport (PE)
9º) 28/07/2019 – Vitória/Santa 5 x 1 Sport (BRA)
10º) 08/09/2019 – Sport x Vitória/Santa (PE), a disputar
* O time rubro-negro reativou o departamento em 2017, após dois anos parado

Leia mais sobre o assunto
Sport e Vitória/Santa rebaixados no Brasileiro Feminino. Pernambuco fora da elite em 2020

Vitória/Santa Cruz, a parceria oficial na temporada de 2019 visando a Licença de Clubes


Compartilhe!