Compartilhe!

Dados atualizados de 2003 a 2019, com 78 medalhas individuais conquistadas pelos nordestinos.

No século XXI, o desempenho brasileiro nos Jogos Pan-Americanos passou a ter uma constante: sempre acima de 100 medalhas. Essa melhora pode ser vista também no papel dos nordestinos, cada vez mais presentes no “Time Brasil”, inclusive em provas individuais.

E esse é o foco desta pesquisa do blog, com todos os pódios individuais obtidos pelos representantes da região desde Santo Domingo, em 2003. Obviamente, vários atletas conseguiram resultados expressivos em modalidades coletivas, mas com a companhia de brasileiros de outras regiões. O valor da medalha é o mesmo, com esta análise servindo apenas como curiosidade.

Afinal, o contexto individual foca em resultados 100% nordestinos, com o maior destaque sendo o baiano Isaquias Queiroz, com três ouros pan-americanos na canoagem – lembrando que ele também tem três medalhas olímpicas. Entre 2003 e 2019, os resultados da região seriam suficientes para oscilar entre 12º e 16º das Américas. No evento multiesportivo no Peru, considerando apenas as provas individuais, ou em equipes (duplas, trios etc) formadas por atletas da região, o número de medalhas subiu de 18 para 21 medalhas, o “recorde”.

A seguir, o histórico da região no Pan, com os rankings de estados e atletas com mais medalhas, seguido por um gráfico e a lista completa de medalhistas. No fim do post, um álbum com todos os campeões pan-americanos em provas “simples”. Até hoje, 19 ouros.

O histórico do Nordeste no Pan (pódios individuais)
2003 – 1-2-5 (8 medalhas, 16º lugar*)
2007 – 5-4-7 (16 medalhas, 12º lugar)
2011 – 2-6-7 (15 medalhas, 14º lugar)
2015 – 4-5-9 (18 medalhas, 12º lugar)
2019 – 7-7-7 (21 medalhas, 13º lugar)
* A hipotética colocação no quadro geral de medalhas

Total: 19 ouros, 24 pratas e 35 bronzes (78 medalhas individuais)

O histórico de medalhas do Nordeste por modalidade (pódios individuais)
15 – Atletismo e Natação
13 – Boxe
7 – Canoagem
3 – Badminton, Judô, Pentatlo moderno e Tênis de mesa
2 – Caratê, Ciclismo, Maratona aquática, Taekwondo, Triatlo e Vela
1 – Esgrima, Hipismo, Tiro e Vôlei de praia

Histórico de medalhas no século XXI (de 2003 a 2019)
1º) BA – 7-8-9 (24 medalhas)
2º) PB – 5-3-3 (11 medalhas)
3º) PE – 4-7-7 (18 medalhas)
4º) MA – 2-0-2 (4 medalhas)
5º) CE – 1-3-6 (10 medalhas)
6º) PI – 0-2-4 (6 medalhas)
7º) SE – 0-1-1 (2 medalhas)
8º) RN – 0-0-2 (2 medalhas)
9º) AL – 0-0-1 (1 medalha)

Quadro individual (por peso; ouro/prata/bronze)
1º) 3-1-0 – Isaquias Queiroz (BA), canoagem
2º) 2-1-1 – Kaio Márcio (PB), natação
2º) 2-1-1 – Etiene Medeiros (PE), natação
4º) 2-1-0 – Yane Marques (PE), pentatlo moderno
5º) 2-0-0 – Edinanci Silva (PB), judô

Quadro individual (por quantidade de medalhas)
1º) 5 – Joanna Maranhão (PE), natação
2º) 4 – Isaquias Queiroz (BA), canoagem
2º) 4 – Kaio Márcio (PB), natação
2º) 4 – Etiene Medeiros (PE), natação
5º) 3 – Keila Costa (PE), atletismo
5º) 3 – Thiago Monteiro (CE), tênis de mesa

A seguir, o gráfico com a evolução dos pódios individuais dos nordestinos no Pan-Americano, mostrando também as medalhas de cada estados em todas as edições a partir de 2003. Caso esteja num celular, coloquei a tela na horizontal para melhorar a visualização do quador.

Abaixo, todas as 8 medalhas individuais conquistadas pelos atletas da região no Pan de 2003, em Santo Domingo, seguindo pela ordem cronológica das competições.

1 medalha de ouro em 2003
PB – Edinanci Silva – Judô (-78 kg, F)

2 medalhas de prata em 2003
PB – Kaio Márcio – Natação (200m borboleta, M)
CE – Thiago Monteiro – Tênis de mesa (M)

5 medalhas de bronze bronze em 2003
PB – Kaio Márcio – Natação (100m borboleta, M)
PE – Joanna Maranhão – Natação ( 400m medley, F)
PE – Emmanuel Santana – Caratê (-74kg, M)
MA – James Dean – Boxe (-51 kg, M)
BA – Marcos Costa – Boxe (-64 kg, M)

A divisão das medalhas individuais em 2003 (ouro, prata e bronze)
1º) PB – 1-1-1 (3 medalhas)
2º) CE – 0-1-0 (1 medalha)
3º) PE – 0-0-2 (2 medalhas)
4º) BA – 0-0-1 (1 medalha)
4º) MA – 0-0-1 (1 medalha)

Abaixo, todas as 16 medalhas individuais conquistadas pelos atletas da região no Pan de 2007, no Rio de Janeiro, seguindo pela ordem cronológica das competições.

5 medalhas de ouro em 2007
PB – Edinanci Silva – Judô (-78 kg, F)
PB – Kaio Márcio – Natação (100m borboleta, M)
PB – Kaio Márcio – Natação (200m borboleta, M)
PE – Yane Marques – Pentatlo moderno (F)
BA – Pedro Lima – Boxe (-69 kg, M)

4 medalhas de prata em 2007
PE – Keila Costa – Atletismo (salto triplo, F)
PE – Keila Costa – Atletismo (salto em distância, f)
BA – Kléberson Davide – Atletismo (800m, M)
BA – Everton Lopes – Boxe (-60 kg, M)

7 medalhas de bronze em 2007
CE – Thiago Monteiro – Tênis de mesa (M)
BA – Sirlene Pinho – Atletismo (maratona, F)
MA – James Dean – Boxe (-54 kg, M)
BA – Antônio Nogueira – Boxe (+91 kg, M)
SE – Nivalter Santos – Canoagem Velocidade (C1 500m)
BA – Allan do Carmo – Maratona Aquática (M)
CE – Fernando Cardoso – Tiro (pistola rápida 25m)

A divisão das medalhas individuais em 2007 (ouro, prata e bronze)
1º) PB – 3-0-0 (3 medalhas)
2º) BA – 1-2-3 (6 medalhas)
3º) PE – 1-2-0 (3 medalhas)
4º) CE – 0-0-2 (2 medalhas)
5º) MA – 0-0-1 (1 medalha)
5º) SE – 0-0-1 (1 medalha)

Abaixo, todas as 15 medalhas individuais conquistadas pelos atletas da região no Pan de 2011, em Guadalajara, seguindo pela ordem cronológica das competições.

2 medalhas de ouro em 2011
BA – Leandro Oliveira – Atletismo (1.500m, M)
CE – Ana Cláudia Lemos – Atletismo (200m, F)

6 medalhas de prata em 2011
PE – Joanna Maranhão – Natação (400m medley, F)
PE – Yane Marques – Pentatlo moderno (F)
PI – Cruz Nonata – Atletismo (5.000m, F)
PI – Cruz Nonata – Atletismo (10.000m, F)
BA – Robson Conceição – Boxe (leve, M)
SE – Nivalter Santos – Canoagem Velocidade (C-1 200m)

7 medalhas de bronze em 2011
PE – Joanna Maranhão – Natação (200m medley, F)
BA – Everton Lopes – Boxe (-64 kg, M)
BA – Robenilson de Jesus – Boxe (-56 kg, M)
PI – Sarah Menezes – Judô (-48 km, F)
PB – Kaio Márcio – Natação (200m borboleta, M)
CE – Joílson da Silva – Atletismo (5.000m, M)
AL – Bruno Lins – Atletismo (200m livre, M)

A divisão das medalhas individuais em 2011 (ouro, prata e bronze)
1º) BA – 1-1-2 (4 medalhas)
2º) CE – 1-0-1 (2 medalhas)
3º) PE – 0-2-1 (3 medalhas)
3º) PI – 0-2-1 (3 medalhas)
5º) SE – 0-1-0 (1 medalha)
6º) AL – 0-0-1 (1 medalha)
6º) PB – 0-0-1 (1 medalha)

Abaixo, todas as 18 medalhas individuais conquistadas pelos atletas da região no Pan de 2015, em Toronto, seguindo pela ordem cronológica das competições.

As 4 medalhas de ouro em 2015
BA – Isaquias Queiroz – Canoagem Velocidade (C-1 1.000m)
BA – Isaquias Queiroz – Canoagem Velocidade (C-1 200m)
PE – Etiene Medeiros – Natação (100m costas, F)
PE – Yane Marques – Pentatlo moderno (F)

As 5 medalhas de prata em 2015
PE – Erica Sena – Atletismo (marca 20 km, F)
PE – Keila Costa – Atletismo (salto triplo, F)
BA – Isaquias Queiroz/Erlson Silva – Canoagem Velocidade (C-2 1.000m)
PE – Etiene Medeiros – Natação (50m livre, F)
PB – Álvaro Magliano/Vitor Araújo – Vôlei de praia (M)

As 9 medalhas de bronze em 2015
PB – Jucilene de Lima – Atletismo (lançamento de dardo, F)
PE – Joanna Maranhão – Natação (200m borboleta, F)
PE – Joanna Maranhão – Natação (400m medley, F)
BA – Joedison Teixeira – Boxe (-64 kg, M)
BA – Valdenice do Nascimento – Canoagem Velocidade (C-1 200M, F)
RN – Aline Souza – Caratê (-50 km, F)
CE – Gideoni Monteiro – Ciclismo (omnium, M)
CE – Ghislain Perrier – Esgrima (florete, M)
CE – Thiago Monteiro – Tênis de mesa (M)

A divisão das medalhas individuais em 2015 (ouro, prata e bronze)
1º) PE – 2-3-2 (7 medalhas)
2º) BA – 2-1-2 (5 medalhas)
3º) PB – 0-1-1 (2 medalhas)
4º) CE – 0-0-3 (3 medalhas)
5º) RN – 0-0-1 (1 medalha)

Abaixo, todas as 21 medalhas individuais conquistadas pelos atletas da região no Pan de 2019, em Lima, seguindo pela ordem cronológica das competições.

As 7 medalhas de ouro em 2019
PB – Edival Marques – Taekwondo (-68 kg, M)
BA – Isaquias Queiroz – Canoagem Velocidade (C1-1000m)
BA – Beatriz Ferreira – Boxe (-60 kg, F)
BA – Ana Marcela Cunha – Maratona Aquática (10 km, F)
MA – Marlon Zanotelli – Hipismo (saltos)
PE – Etiene Medeiros – Natação (50m livre, F)
MA – Bruno Lobo – Vela (Kitesurfe)

As 7 medalhas de prata em 2019
CE – Vittoria Lopes – Triatlo F
CE – Manoel Messias – Triatlo M
BA – Keno Marley – Boxe (81 kg, M)
BA – Hebert da Conceição – Boxe (-75 kg, M)
PB – Andressa Morais – Atletismo (Disco, F)
BA – Breno Correia – Natação (200m livre, M)
BA – Paola Reis – Ciclismo (BMX Racing, F)

As 7 medalhas de bronze em 2019
RN – Paulo Ricardo – Taekwondo (-58 kg, M)
PI – Badminton – Duplas M(Fabricio Farias/Francielton Farias)
PI – Badminton – Duplas F (Samia Lima/Jaqueline Lima)
PI – Badminton – Duplas mistas (Fabricio Farias/Jaqueline Lima)
PE – Erica Sena – Atletismo (marcha atlética 20 km, F)
PE – Etiene Medeiros – Natação (100m costas, F)
A – Juliana Duque/Rafael Martins – Vela (snipe)

A divisão das medalhas individuais em 2019 (ouro, prata e bronze)
1º) BA – 3-4-1 (8 medalhas)
2º) MA – 2-0-0 (2 medalhas)
3º) PB – 1-1-0 (2 medalhas)
4º) PE – 1-0-2 (3 medalhas)
5º) CE – 0-2-0 (2 medalhas)
6º) PI – 0-0-3 (3 medalhas)
7º) RN – 0-0-1 (1 medalha)

Por fim, um álbum com todos os medalhistas dourados da região de 2003 a 2019.

Leia mais sobre o assunto
Simulação – E se o Recife sediasse uma edição dos Jogos Pan-Americanos?


Compartilhe!