Compartilhe!

O contrato de transmissão do Campeonato Mineiro foi assinado, junto à Globo Minas, por cinco temporadas, com validade até 2021. Entretanto, há a possibilidade de a edição de 2019 ser a “última” com o canal, ao menos nos moldes atuais sobre a exibição do futebol.

De acordo com informação obtida por Vinícius Dias, do portal UAI, a emissora tem até maio – mês seguinte à decisão – para decidir sobre a compra do período restante. A dúvida é baseada na possibilidade de mudança drástica no calendário nacional, algo desejado pela Globo – na verdade, quase todos os campeonatos estaduais seriam mudados, exceção feita ao Paulistão.

Quanto às cotas, os valores (nominais) são os mesmos da última temporada, mas com a correção via IGP-M, como em outros contratos com mais de um ano em vigor. Com três subgrupos, com a dupla Raposa x Galo tem ampla vantagem financeira – vão ganhar 14 vezes mais que os times do interior, numa das maiores disparidades dos certames locais desta temporada. Além da verba da televisão, também há o patrocínio via naming rights, do Sicoob (Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil), que liga a sua marca ao nome oficial da competição pela 3ª vez.

Mineiro Sicoob 2019 // Contrato: Globo (2017-2021)
-Plataformas: tevê aberta (Globo Minas) e pay-per-view (Premiere)
-Alcance da TV aberta: MG (20,7 milhões de telespectadores)
-12 clubes (de 11 a 16 jogos para qualquer participante)

Cota de TV: R$ 35,15 milhões*
Premiação: nada
* Entre parênteses (abaixo), os valores corrigidos

Cota 1 (2 times) – R$ 12,3 milhões (R$ 12,7 mi), Atlético-MG e Cruzeiro

Cota 2 (1 time) – R$ 2,9 milhões (R$ 3,0 mi), América

Cota 3 (9 times) – R$ 850 mil (R$ 900 mil), Boa Esporte, Caldense, Guarani, Tombense, Patrocinense, Tupi, Tupynambás, URT e Villa Nova

Diferença entre a maior cota e a menor: 14,4x (ou R$ 11,45 milhões)

Audiência da final de 2018 na tevê aberta*
01/04 – Atlético-MG 3 x 1 Cruzeiro (21,1 pontos; 1.064.900 telespectadores)
08/04 – Cruzeiro 2 x 0 Atlético-MG (43,9 pontos; 1.875.200 telespectadores)

* Via Ibope-Repucom, na Grande Belo Horizonte

Sobre as cotas de outros estaduais
—> BACEPAPE, PRRJRSSC SP


Compartilhe!