Compartilhe!

A primeira taça oficial do Decisão em 23 anos de história. Foto: Arena Pernambuco/instagram.

O equilíbrio entre Decisão e Retrô foi absoluto na 2ª divisão do Campeonato Pernambucano de 2019. Ambos se classificaram nas três fases (octogonal, hexagonal e quadrangular) e obtiveram o acesso. Das etapas classificatórias até a decisão, quatro confrontos. E quatro empates, com o último, em 9 de novembro, sendo o jogo mais movimentado, com 2 x 2 no placar.

Com ambos já assegurados na elite, a disputa pelo título inédito, na Arena Pernambuco, foi bem aberta. Este cenário surpreendeu o favoritismo do mandante Caçula do futebol local, o Retrô ficou duas vezes à frente, com Silas (já aos 30 segundos) e Douglas Bomba, mas o time de Bonito foi buscar duas vezes, com Luan e Alenílson, já no 2T. Com a igualdade mantida, o jeito foi a definição nos pênaltis. E o Decisão foi bem mais eficiente, convertendo três das quatro cobranças, através de Pedro Maycon, Denílson e Sávio – Renato, o artilheiro da Série A2, desperdiçou (e olhe que no 1T ele também perdeu uma penalidade!).

Já o Retrô mal acertou a barra, com três erros em cinco chutes, sendo uma bola no travessão e duas por cima. Decisão 3 x 2, com o título coroando a campanha de um clube que batalhou durante 14 edições da segunda divisão estadual até conseguir o seu objetivo. Nesse tempo todo, ao longo de duas décadas, o “Falcão” perambulou em seis sedes, fincando raízes no município de 38 mil moradores, localizado a 130 km do Recife. Parabéns à parceria campeã.

Escalação do Decisão na final
Valdir; Denílson, Alenílson, Ricardo e Sávio; Raimundinho, Lucas Gomes e Renato; Luan, Pedro Maycon e Raniel. Técnico: Nilson Júnior

Campanha do título da Série A2 de 2019
16 jogos; 6V, 8E e 2D; 20 GP e 9 GC
Artilheiros: Renato (10 gols), Flávio Caça-Rato (2) e Raniel (2)

Os 20 campeões da Série A2
3 – Vera Cruz (2006, 2009 e 2014) e Petrolina (2001, 2010 e 2018)
2 – Vitória (2008 e 2013) e Flamengo de Arcoverde (1996 e 2016)
1 – Maguari (1977), Sete de Setembro (95), Ferroviário de Serra Talhada (97), Unibol (98), Central (99), AGA (2000), Itacuruba (02), Porto (03), Ypiranga (04), Estudantes (05), Salgueiro (07), Serra Talhada (11), Chã Grande (12), Belo Jardim (15) e Pesqueira (17) e Decisão (19)

Curiosidade – Este foi o 2º título de Bonito na segundona. A conquista anterior havia sido há 42 anos (!), na primeira edição do torneio, através da Associação Atlética Maguari, com 6V, 2E e 1D.

Leia mais sobre o assunto
Decisão e Retrô conquistam o acesso inédito ao Estadual. Estreia em 2020


Compartilhe!