Compartilhe!
  • 19
  •  
  •  
  •  

Imagem atualizada em 24/05 após o 1º treino de Roberto no Arruda

Em 15 de abril, na abertura da da Série C de 2018, Náutico e Santa Cruz empataram em 1 x 1 na Arena Pernambuco. Após o clássico, o técnico Júnior Rocha comunicou à direção que deixaria o tricolor. No dia seguinte, o treinador foi anunciado no CRB, que disputa a segunda divisão nacional. Ali, iniciava uma ciranda de técnicos entre os rivais, com o curioso desfecho (?) após 39 dias. Afinal, há pouquíssimo tempo Roberto Fernandes estava comemorando o título pernambucano com o alvirrubro, o seu primeiro no clube após cinco passagens.

Paralelamente à conquista, o clube disputou quatro fases na Copa do Brasil, faturando R$ 4,3 milhões. Ou seja, o cenário parecia traçado para uma campanha segura no Campeonato Brasileiro. Porém, a péssima largada somada à pressa da direção dos Aflitos resultou na saída do Roberto, que ficou 17 dias estagnado no Recife. Até surgir um convite para trabalhar no bairro vizinho – por mais que seja curioso, faz parte do profissionalismo, com outro clássico em breve.

A cronologia da ciranda de técnicos na Série C
15/04 – Júnior Rocha troca o Santa Cruz pelo CRB (após a 1ª rodada)
19/04 – Santa Cruz anuncia PC Gusmão (a partir da 2ª rodada)
06/05 – Náutico demite Roberto Fernandes (após a 4ª rodada)
20/05 – Náutico anuncia Márcio Goiano (após 2 rodadas com o interino Dudu Capixaba)
23/05 – Santa Cruz demite PC Gusmão (após a eliminação no Nordestão)
23/05 – Santa Cruz anuncia Roberto Fernandes (a partir da 7ª rodada)

No tricolor, PC Gusmão, em baixa há tempos, se mostrou uma escolha equivocada. Roberto Fernandes assume tendo como único objetivo o G4, com 12 rodadas por disputar. Avançando, o mata-mata do acesso. A meta não é indigesta, mas a situação financeira do clube é. E aí o técnico – que pela primeira vez comandará um time na capital sem ser o Náutico – precisará administrar o cenário. Como fez em sua chegada no timbu, em 2017. Taticamente, terá que extrair algo além dos três pontas, a formação abraçada no trabalho anterior…


Compartilhe!
  • 19
  •  
  •  
  •