Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •  

Foram 17 gols nesta rodada, com a média de 1,7. No geral, 502 gols em 218 jogos (2,30).

A 22ª rodada do Brasileirão foi encerrada com três partidas na noite de segunda-feira, uma noite marcante para os nordestinos presentes na competição.

Em Florianópolis, o Bahia voltou a vencer fora de casa, com gols de Élber e Nino Paraíba, e finalmente entrou no G6, a zona de classificação à Libertadores – no lugar do São Paulo, cujo resultado no fim de semana nem foi ruim, pois segurou o empate com o líder Flamengo, no Rio de Janeiro. Com 56,1% de aproveitamento, mantendo a regularidade durante toda a competição, a posição faz justiça ao Bahia.

O outro bom desempenho teve as mesmas cores, azul, branco e vermelho. No caso, o Fortaleza, que reestreou o técnico Rogério Ceni, demitido do Cruzeiro após oito jogos. No lugar de Zé Ricardo, o ídolo do leão do pici já voltou com uma vitória importante, abrindo 6 pontos em relação ao Z4, a meta maior nesta edição – e também ultrapassou o rival e o Vasco. Por sinal, o Ceará de Enderson, apesar do padrão de jogo, vem capengando. São 8 rodadas sem vitória, com 3E e 5D. A diferença para a zona só não aumentou porque o Cruzeiro, que demitiu Ceni e já estreou o técnico Abel Braga, perdeu mais uma. Crise braba em BH.

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a rodada:

Abaixo, os detalhes do andamento do Campeonato Brasileiro (jogos, rodada e classificação).

Resultados da 22ª rodada
Flamengo 0 x 0 São Paulo (após 8 vitórias seguidas, Fla empatou; 67.051 pessoas no Maraca)
Corinthians 1 x 0 Vasco (o VAR anulou um gol de cada time; 37.360 pessoas na arena)
Internacional 1 x 1 Palmeiras (VAR anulou um gol do visitante aos 41/2T)
Santos 2 x 0 CSA (peixe ganhou após 4 rodadas; 2º revés seguido do azulão)
Fluminense 2 x 1 Grêmio (time carioca com Marcão como técnico interino; tricolor misto)
Atlético-MG 2 x 1 Ceará (galo virou e venceu após 6 derrotas consecutivas)
Athletico-PR 1 x 1 Chapecoense (o scout de finalizações apontou 28 x 7 pró-CAP)
Fortaleza 1 x 0 Botafogo (3ª derrota seguida do Bota; 24.142 pessoas no Castelão)
Avaí 0 x 2 Bahia (2º revés seguido do time catarinense; 7.052 pessoas na Ressacada)
Goiás 1 x 0 Cruzeiro (3ª vitória seguida do mandante; mineiros com 4 derrotas em 5 jogos)

A agenda da 23ª rodada (+ transmissões na televisão)
05/10 (17h00) – São Paulo x Fortaleza (Pacaembu), Premiere
05/10 (17h00) – Vasco x Santos (São Januário), Premiere
05/10 (19h00) – Grêmio x Corinthians (Arena do Grêmio), Premiere
05/10 (19h00) – Bahia x Athletico-PR (Fonte Nova), TNT
05/10 (21h00) – Cruzeiro x Internacional (Mineirão), Premiere
06/10 (11h00) – Chapecoense x Flamengo (Arena Condá), Premiere
06/10 (16h00) – Botafogo x Fluminense (Nilton Santos), Globo e Premiere
06/10 (16h00) – Ceará x Goiás (Castelão), Globo e Premiere
06/10 (16h00) – Palmeiras x Atlético-MG (Allianz Parque), Premiere
06/10 (19h00) – CSA x Avaí (Rei Pelé), SporTV e Premiere

A classificação da Série A após a realização de 208 partidas (* e **)
* Em relação aos últimos 5 jogos, os resultados são da direita pra esquerda
** Dois jogos da 21ª rodada foram adiados (Galo x Fortaleza e Chape x Timão serão em 02/10)


Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •