Compartilhe!

Foram 22 gols nesta rodada, com a média de 2,2. No geral, 149 gols em 60 jogos (2,4).

A 6ª rodada foi quase perfeita para o futebol nordestino, com três vitórias e um empate, somando 10 dos 12 pontos. Dos quatro representantes, três estão acima da zona de descenso, com o CSA em 17º, tendo a mesma pontuação do 16º, o primeiro time fora do Z4.

A boa jornada começou com o bom jogo entre Bahia e Fluminense, no qual o esquadrão conseguiu o 3º triunfo em 6 jogos no Brasileirão, mostrando um bom nível de competitividade, importante para uma campanha segura. Nesta largada de campeonato, já aparece na parte alta da tabela – a última vez que terminou entre os dez primeiros foi em 2001, com o 8º lugar. No jogo, além de Gilberto, com dois gols, “destaque” para o goleiro Agenor, do visitante, que tentou driblar G9 e acabou sofrendo um gol e depois foi expulso após se adiantar numa cobrança de pênalti.

Ainda no domingo, o Fortaleza enfrentou o Vasco entre as duas finais da Copa do Nordeste. Pela Série A, com foco ainda dividido, foi salvo por Romarinho, aos 43/2T. Dos males, o menor. Agora, vai pela taça inédita. Na segunda-feira, no encerramento, duas vitórias, com o Ceará virando na Ressacada, com dois gols de Thiago Galhado no 2T. Com a 2ª vitória seguida, o vozão subiu três posições. Por fim, o CSA, que venceu a primeira na competição. O azulão alagoano encerrou um jejum de 31 anos e 235 dias desde a última vitória na 1ª divisão, num 3 x 2 sobre o Joinville em 4 de outubro de 1987. Nota-se que a festa foi grande no Rei Pelé…

Na briga pela ponta, o Palmeiras ampliou a liderança, com a vantagem sobre o Galo, ainda o vice-líder, subindo de 1 para 4 pontos. O alviverde paulista também chegou a 29 jogos sem derrota (22V e 7E) no Brasileiro, numa sequência em vigor desde a 16ª rodada de 2018.

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a rodada:

Abaixo, os detalhes do andamento do Campeonato Brasileiro (jogos, rodada e classificação).

Resultados da 6ª rodada
Botafogo 0 x 1 Palmeiras (Verdão venceu com o pênalti apontado pelo VAR)
Grêmio 1 x 0 Atlético-MG (André perdeu um pênalti)
Santos 0 x 0 Internacional (12.756 pessoas na Vila Belmiro)
Flamengo 3 x 2 Athletico-PR (diante de 52.667 pessoas, Fla virou nos acréscimos)
Cruzeiro 1 x 2 Chapecoense (3ª derrota seguida do time de Mano Menezes)
Fortaleza 1 x 1 Vasco (empate manteve o time carioca na lanterna)
Corinthians 1 x 0 São Paulo (o resultado de praxe na Arena Corinthians)
Bahia 3 x 2 Fluminense (21.969 torcedores na Fonte Nova)
Avaí 1 x 2 Ceará (1ª vitória como visitante; 1ª derrota como mandante)
CSA 1 x 0 Goiás (Maranhão marcou o gol da 1ª vitória na competição)

A agenda da 7ª rodada (+ transmissões na televisão)
01/06 (19h00) – Bahia x Grêmio (Pituaçu), Premiere
01/06 (19h00) – Flamengo x Fortaleza (Engenhão), Premiere
02/06 (11h00) – Botafogo x Vasco (Nilton Santos), Premiere
02/06 (16h00) – São Paulo x Cruzeiro (Pacaembu), Globo e Premiere
02/06 (16h00) – Chapecoense x Palmeiras (Arena Condá), Premiere
02/06 (16h00) – Athletico-PR x Fluminense (Arena da Baixada), Globo
02/06 (16h00) – Ceará x Santos (Castelão), Globo, TNT e Premiere
02/06 (19h00) – Atlético-MG x CSA (Independência), SporTV e Premiere
02/06 (19h00) – Internacional x Avaí (Beira-Rio), Premiere
A definir – Corinthians x Goiás (Arena Corinthians), Premiere

A classificação da Série A após a realização de 60 partidas


Compartilhe!