Compartilhe!

As maiores torcidas do Nordeste

Os 15 clubes já citados entre as maiores torcidas da região. Arte: Cassio Zirpoli.

Segundo a pesquisa O Globo/Ipec, ao menos 10 milhões de nordestinos torcem por clubes da região considerando a escolha como “1ª opção”, uma vez que ainda há uma parcela que opta por times locais como “2ª opção”, chamados de simpatizantes. A pesquisa, já abordada no blog, também trouxe um recorte regional apontando que esses torcedores locais representam 17,4% da população do Nordeste, numa soma de Bahia (3,4 mi), Sport (1,7 mi), Fortaleza (1,5 mi), Vitória (1,3 mi), Ceará (1,0 mi) e Santa Cruz (0,9 mi), os únicos citados. Os demais, com vários historicamente numerosos, como o Náutico, não chegaram a 1%, figurando na lista em “outros times”.

Apesar desta escala, a raiz está concentrada apenas nos estados da BA, CE e PE, pois 50,3% da torcida da região já está voltada aos clubes de fora, com o Flamengo puxando a fila – abaixo, o ranking completo. Além disso, 31,3% não tem ligação alguma com o futebol. No caso desses “não torcedores”, é o maior percentual de uma região em 2022. É um cenário consolidado? Embora preocupante, é melhor tratá-lo como uma “fotografia” do presente, sobretudo em relação à parcela à parte do futebol, pois esse dado nunca havia sido tão grande.

As pesquisas de torcida viraram pauta regular no Brasil há 30 anos. Entretanto, os recortes regionais, e me refiro especificamente ao Nordeste, não seguiram o mesmo ritmo de divulgação. Nos últimos dez anos, por exemplo, foram apenas quatro levantamentos divulgados no NE, e de quatro institutos diferentes. Adianto que, estatisticamente, a comparação entre eles não é precisa, devido às metodologias e amostragens distintas. Porém, coincidentemente, os quatro levantamentos foram feitos em intervalos de três anos e atendendo à mesma premissa: “Para qual clube você torce?”, com apenas uma opção de escolha. Ou seja, vale sim a curiosidade, com quatro fotografias aprofundando o raio x.

No blog, então, trago os rankings de 2013, 2016, 2019 e 2022, com os percentuais divulgados pelos institutos (sem casa decimal só em 2019) e as projeções de torcida absoluta, a partir das estimativas populacionais dos respectivos anos (menos de 2022, que sairá em agosto).

Curiosidades sobre as quatro pesquisas no NE
– Líder geral 4x, o Flamengo oscilou entre 21,5% e 27,0%
– Vice-líder geral 4x, o Corinthians oscilou entre 8,6% e 9,8%
– Nordestinos presentes oscilaram entre 16,0% e 24,1%
– Lideranças regionais: Bahia 3x e Sport 2x (dividiram em 2019)
– Melhor posição do NE: 3º lugar, com o Bahia em 2016 e 2022
– Fortaleza à frente do rival Ceará pela 1ª vez em 2022
– Náutico não apareceu nas duas últimas pesquisas
– Percentual de “não torcedores” oscilou entre 21,5% e 31,3%

O peso da torcida flamenguista no Nordeste

Em evidência, com títulos de muito peso e craques em campo, o Flamengo segue muito à frente em termos de torcida. Na pesquisa de 2022, tem 6,2 pontos percentuais a mais que a soma dos clubes nordestinos presentes e 14,4 pontos percentuais a mais que o Corinthians, o vice-líder. Ou seja, lidera mesmo na margem de erro. Em 2019, ano em que foi campeão do Brasileirão e da Libertadores, o Fla teve 27%, de acordo com o Datafolha. É o recorde no NE.

Agora, segundo o estudo do Ipec, o dado do clube carioca está 3,4 pontos abaixo. Coincidência ou não, os clubes da região subiram 1,4 ponto. Lembre-se, só vale a 1ª opção. Num cenário hipotético, só explicando, alguém que tinha o Flamengo como torcida e o Fortaleza como simpatia, hoje pode ter invertido a prioridade. Citei o Leão do Pici devido ao G4 na última Série A e ao aumento de 2,0% para 2,7% nas pesquisas mais recentes. Em tempo: considerando a “média” nas quatro, os clubes nordestinos já citados teriam 19,25%, contra 23,62% do Fla.

Nordestinos citados vs Flamengo
2022 – 17,4% (6 times) vs 23,6%; -6,2 pontos
2019 – 16,0% (6 times) vs 27,0%; -11,0 pontos
2016 – 24,1% (7 times) vs 21,5%; +2,6 pontos
2013 – 19,5% (7 times) vs 22,4%; -2,9 pontos

Leia mais sobre o assunto
Pesquisa de torcida O Globo/Ipec tem 6 clubes do NE acima de 1 milhão; Bahia em 11º no país

A seguir, as últimas quatros pesquisas feitas na região, em ordem decrescente: 2022 (Ipec), 2019 (Datafolha), 2016 (Paraná Pesquisas) e 2013 (Pluri Consultoria). Em todas elas, os 13 melhores colocados. Neste período, 16 nomes tiveram ao menos 1%, incluindo os 7 maiores do Nordeste, os 4 grandes do Rio de Janeiro, os 4 grandes de São Paulo e a Seleção Brasileira.

Pesquisa de torcida no Nordeste em 2022

Instituto: Ipec
Período: 1 a 5 de julho
Público: n/d
Margem de erro: 2,0%
População estimada: 57.667.842 (IBGE/2021)

1º) Flamengo – 23,6% (13,60 milhões)
2º) Corinthians – 9,2% (5,30 milhões)
3º) Bahia – 5,9% (3,40 milhões)
4º) São Paulo – 5,5% (3,17 milhões)
5º) Palmeiras – 4,7% (2,71 milhões)
6º) Vasco – 3,5% (2,01 milhões)
7º) Sport – 3,1% (1,78 milhão)
8º) Fortaleza – 2,7% (1,55 milhão)
9º) Vitória – 2,3% (1,32 milhão)
10º) Ceará – 1,8% (1,03 milhão)
11º) Santa Cruz – 1,6% (922 mil)
12º) Seleção Brasileira – 1,4% (807 mil)
13º) Santos – 1,0% (576 mil)
Outros times – 2,6% (1,49 milhão)
Sem clube – 31,3% (18,05 milhões)

Pesquisa de torcida no Nordeste em 2019

Instituto: Datafolha
Período: 29 e 30 de agosto
Público: 424 entrevistados
Margem de erro: 4,0%
População estimada: 57.071.654 (IBGE/2019)

1º) Flamengo – 27% (15,40 milhões)
2º) Corinthians – 9% (5,13 milhões)
3º) São Paulo – 6% (3,42 milhões)
4º) Palmeiras – 5% (2,85 milhões)
4º) Vasco – 5% (2,85 milhões)
4º) Seleção Brasileira – 5% (2,85 milhões)
7º) Bahia – 4% (2,28 milhões)
7º) Sport – 4% (2,28 milhões)
9º) Santa Cruz – 2% (1,14 milhão)
9º) Fortaleza – 2% (1,14 milhão)
9º) Vitória – 2% (1,14 milhão)
9º) Ceará – 2% (1,14 milhão)
13º) Botafogo – 1% (570 mil)
13º) Fluminense – 1% (570 mil)
Outros times – 2% (1,14 milhão)
Sem clube – 22% (12,55 milhões)

Pesquisa de torcida no Nordeste em 2016

Instituto: Paraná Pesquisas
Período: março a dezembro
Público: 2.832
Margem de erro: 1,0%
População estimada: 56.915.936 (IBGE/2016)

1º) Flamengo – 21,5% (12,23 milhões)
2º) Corinthians – 9,8% (5,57 milhões)
3º) Bahia – 7,0% (3,98 milhões)
4º) São Paulo – 5,2% (2,95 milhões)
4º) Vasco – 5,2% (2,95 milhões)
6º) Palmeiras – 4,3% (2,44 milhões)
7º) Ceará – 4,0% (2,27 milhões)
8º) Sport – 3,9% (2,21 milhões)
9º) Fortaleza – 2,8% (1,59 milhão)
9º) Vitória – 2,8% (1,59 milhão)
11º) Santa Cruz – 2,1% (1,19 milhão)
12º) Botafogo – 1,6% (910 mil)
13º) Náutico – 1,5% (853 mil)
Outros times – 6,8% (3,87 milhões)
Sem clube – 21,5% (12,23 milhões)

Pesquisa de torcida no Nordeste em 2013

Instituto: Pluri Consultoria
Período: novembro de 2012 a fevereiro de 2013
Público: n/d
Margem de erro: n/d
População estimada: 55.794.707 (IBGE/2013)

1º) Flamengo – 22,4% (12,49 milhões)
2º) Corinthians – 8,6% (4,79 milhões)
3º) Vasco – 6,8% (3,79 milhões)
4º) São Paulo – 5,7% (3,18 milhões)
5º) Sport – 4,8% (2,67 milhões)
6º) Bahia – 4,1% (2,28 milhões)
7º) Palmeiras – 3,4% (1,89 milhão)
8º) Santa Cruz – 2,6% (1,45 milhão)
9º) Vitória – 2,6% (1,45 milhão)
10º) Náutico – 2,2% (1,22 milhão)
11º) Ceará – 1,8% (1,00 milhão)
12º) Fluminense – 1,6% (892 mil)
13º) Fortaleza – 1,4% (781 mil)
Outros times – 6,4% (3,57 milhões)
Sem clube – 25,8% (14,39 milhões)


Compartilhe!