Compartilhe!

Paulo Fernandes/Vasco

O Sport não jogou bem em São Januário, mas ainda assim ia conseguindo pontuar, com o empate persistindo até o finzinho da etapa complementar, quando sofreu o terceiro gol na noite, quebrando a sequência de cinco jogos sem derrota no Campeonato Brasileiro.

A atuação rubro-negra foi fraca no 1T – diria a pior sob o comando de Claudinei Oliveira. O time não conseguiu conduzir bem as jogadas no ataque, com Rogério tomando as piores decisões, e defensivamente errou além da conta – imperdoável na Série A, mesmo diante de equipes irregulares, como era o caso. Foi assim nos dois gols de Yago Pikachu, carrasco. Aos 18, Raul Prata cortou uma bola mal, para a entrada da área, e Giovanni Augusto lançou o ex-lateral do Paysandu, que ficou cara a cara com Magrão e marcou. Mesmo sem produzir, o leão chegou ao empate. Graças ao Vasco, com Paulão escorando uma falta cobrada por Marlone, num gol contra aos 42.

Levar a igualdade para o intervalo era um prêmio que o Sport não fazia por merecer, com mais um erro nos descontos. Outro lançamento, com a zaga marcando (errado) em linha. Yago dominou bem e foi derrubado por Magrão. Pênalti. O próprio capitão vascaíno, hoje atacante, cobrou e chegou a 6 gols em 8 jogos contra o leão – 2 pelo Vasco e 4 pelo Papão. Ainda sobre a penalidade, o goleiro recebeu o 3º amarelo e está suspenso contra o Grêmio – bronca.

No 2T, o time pernambucano voltou mais ligado, mas com o mandante fechadinho – o estreante Jorginho optou por uma formação bem precavida, tamanha a desorganização. Sem infiltrações e com a inoperante troca de passes, o Sport abusou da bola aérea. Entre lançamentos e cruzamentos, foram 52 tentativas, sendo 41 erradas (78%), via Footstats. Facilitou o trabalho do Vasco, que não podia dar bobeira. Mas deu, aos 28. Paulão, que não estava num dia favorável, cortou um cruzamento para o alto e Michel Bastos se aproveitou para mandar de bicicleta, golaço. O visitante até ensaiou a virada, no embalo da pressão da torcida da casa. Depois, com 55% de posse, passou a trabalhar o empate, mas não conseguiu. Aos 44, num lance povoado de leoninos, o Vasco fez boa trama, com Magrão espalmando o chute de fora da área. No rebote, ninguém acompanhou Ramon, que decretou o 3 x 2.

Histórico geral de Vasco x Sport (todos os mandos)
39 jogos
11 vitórias rubro-negras (28,2%)
12 empates (30,7%)
16 vitórias cariocas (41,0%)

Histórico de Vasco x Sport pela Série A (todos os mandos)
26 jogos
6 vitórias rubro-negras (23,0%)
8 empates (30,7%)
12 vitórias cariocas (46,1%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Celso Ishigami e Lucas Fitipaldi):

Paulo Fernandes/Vasco


Compartilhe!