Compartilhe!
  •  
  • 10
  •  
  •  

Faltam apenas 10 rodadas para o encerramento da primeira divisão, já na reta final.

Então, vamos às probabilidades sobre os 20 times do Brasileirão, com o São Paulo liderando com 6 pontos de vantagem – e com todos os indicativos de título. As estatísticas compiladas no blog foram calculadas em dois sites especializados: Infobola e UFMG, através do departamento de matemática da universidade mineira. Para a Série A, o blog também costuma listar o Chance de Gol, mas o site estava inacessível até esta publicação.

No quadro montado, no fim do post, citei as chances de título, de vagas na Libertadores e na Copa Sul-Americana e também o risco de rebaixamento.

Leia mais sobre o assunto
A classificação da Série A de 2020 após a 28ª rodada; Bahia de volta ao Z4

Pontuação mínima para a permanência via UFMG
39 pts – 13,7% (a projeção atual para escapar)
40 pts – 30,1%
41 pts – 51,9%
42 pts – 73,0%
43 pts – 88,1%
44 pts – 96,1%
45 pts – 99,0%

Antes do quadro completo, um resumo dos representantes do Nordeste no recorte de 10 rodadas, comparando também com o anterior, de 15 rodadas. Antes separados por 4 pontos, hoje a diferença no quarteto é de 8 pontos. Outra mudança é que o Bahia entrou na zona de rebaixamento – a região ficou fora do Z4 por 15 rodadas consecutivas. Ainda em tempo de pontuar todas as chances de título dos nordestinos foram zeradas nesta 28ª rodada.

Ceará (36 pontos; 11º lugar)
Título: sem chance
Libertadores: 0% a 1,7%
Sul-Americana: 67,8%
Rebaixamento: 1,1% a 2,0%

Nas últimas cinco rodadas, o vozão perdeu uma posição, mas a permanência ficou mais segura – aumentou a vantagem de 5 para 8 pontos. Antes, o índice ia até 9%. Agora não passa de 2%. Já sobre a Libertadores, a derrota para o Inter, no Castelão, reduziu bastante a possibilidade. Ao menos a Sula parece encaminhada.

Sport (32 pontos; 14º lugar)
Título: sem chance
Libertadores: 0% a quase 0%
Sul-Americana: 27,3%
Rebaixamento: 13,0% a 14,0%

O leão pernambucano estava no limite no recorte de 23 rodadas, ocupando a 16ª posição, apenas 1 ponto à frente do Z4. Agora, ganhou duas posições e abriu 4 pontos. Assim, o teto sobre a chance de rebaixamento caiu de 64% para 14%. A chance de vaga na Sula aumentou um pouco, de 22% para 27%.

Fortaleza (31 pontos; 15º lugar)
Título: sem chance
Libertadores: 0% a quase 0%
Sul-Americana: 11,1%
Rebaixamento: 25,0% a 28,0%

O leão cearense somou apenas 2 pontos nas últimas 5 rodadas e perdeu 6 posições, caindo do 9º para o 15º. A distância para o Z4 caiu de 5 para 3 pontos, com a chance de queda subindo de 11% para 28% – considerando o teto entre as fontes analisadas. A vaga na Libertadores, que chegou a ser um sonho, está quase zerada.

Bahia (28 pontos; 17º lugar)
Título: sem chance
Libertadores: 0% a quase 0%
Sul-Americana: 6,2%
Rebaixamento: 53,0% a 53,1%

Acumulando derrotas, o tricolor soteropolitano manteve a pontuação em relação ao último recorte – na verdade, são 7 derrotas seguidas. Tal desempenho, perdendo quatro posições, colocou o clube na zona de rebaixamento, onde não pisava desde a 12ª rodada. E a chance de rebaixamento disparou, de 14% para 53%. Ou seja, hoje a chance de cair é maior do que a chance de ficar.

Quadro interativo
O quadro abaixo é interativo. Para “ranquear” a opção desejada, basta clicar nas setinhas ao lado do nome de cada tópico, para cima ou para baixo. O quadro segue a ordem título, Libertadores, Sula e rebaixamento (n/d = não disponível; P = posição no respectivo ranking). Para uma melhor visualização do quadro, caso esteja acessando num celular, basta virar a tela do aparelho.


Compartilhe!
  •  
  • 10
  •  
  •