Compartilhe!

Após vice-campeonatos recentes, em 2019 (Bahia) e 2020 (Atlético), alguém vai festejar em 2021.

A decisão do Campeonato Baiano de 2021 já é histórica. Com as classificações de Atlético de Alagoinhas, tirando a Juazeirense nos pênaltis, e de Bahia de Feira, goleando o Bahia, o interior já garantiu o 5º título estadual em 117 edições. E a definição será mesmo longe de Salvador, com a primeira final interiorana da Boa Terra.

Após a eliminação do Vitória, ainda na primeira fase, chegou a vez do Bahia, que vinha utilizando o time transição em busca da 10ª final consecutiva no torneio local. Embora tenha vencido na ida, por 1 x 0, acabou sendo goleado pelo homônimo de Feira de Santana, com um 3 x 0 categórico na Arena Cajueiro. O placar reflete bem o que foi o jogo. Com isso, acabou o sonho do tetra, obtido pela última vez em 1984, adiando também o 50º título – assim, o ABC segue sendo o único clube no patamar dos 50, já com 56 taças no RN.

A última decisão sem Bahia ou Vitória havia sido em 1968, quando o Galícia foi o campeão, com o Flu de Feira ficando em 2º. Portanto, a história foi reescrita neste 12 de maio de 2021. Com esta final surpreendente, um dos dois clubes irá disputar a fase principal do Nordestão de 2022, na condição de campeão estadual. As outras duas vagas serão via ranking, com o Bahia entrando na fase principal e o Vitória tendo que disputar a uma inédita preliminar. Além disso, tanto Atlético quanto Bahia de Feira já estão assegurados na próxima Copa do Brasil.

Vice-campeão baiano em duas oportunidades, em 1973 e 2020, esta última com o drama dos pênaltis, o Atlético sonha com a primeira conquista. Já o Bahia de Feira, em sua terceira final desde que o atual modelo com semifinal e final foi implantado no estado, tenta o segundo título estadual. Em 2011 fez a festa no Barradão. Agora, receberá a finalíssima. Quem leva?

Os cinco títulos baianos do interior (e o vice)
1º) 1963 – Fluminense de Feira (Bahia)
2º) 1969 – Fluminense de Feira (Bahia)
3º) 2006 – Colo Colo de Ilhéus (Vitória)
4º) 2011 – Bahia de Feira (Vitória)
5º) 2021 – Atlético de Alagoinhas ou Bahia de Feira

A final baiana de 2021 (e as transmissões na TV)
16/05 (16h00) – Atlético de Alagoinhas x Bahia de Feira (Carneirão), TVE e Youtube
23/05 (16h00) – Bahia de Feira x Atlético de Alagoinhas (Arena Cajueiro), TVE e Youtube

As campanhas dos finalistas (após 11 jogos)
18 pontos (5V, 3E e 3D) – Bahia de Feira (+8; 15 GP e 7 GC)
16 pontos (5V, 1E e 5D) – Atlético de Alagoinhas (+1; 14 GP e 13 GC)

Pitaco do blog sobre o campeão: Bahia de Feira.

Abaixo, o histórico de participações na decisão estadual entre 2009 e 2021, com o mata-mata imposto pela FBF, com semifinal e final. Já são 13 anos com este formato na reta final.

Nº de finais no Baiano de 2009 a 2021 (26 vagas; 5 clubes)
1º) 11x – Bahia
2º) 9x – Vitória
3º) 3x – Bahia de Feira
3º) 2x – Atlético de Alagoinhas
4º) 1x – Vitória da Conquista

Nº de títulos no Baiano de 2009 a 2020 (12 taças; 3 clubes)
1º) 6x – Bahia
2º) 5x – Vitória
3º) 1x – Bahia de Feira


Compartilhe!