Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •  

Braian Romero marcou aos 42/2T e definiu o lá e lô dos argentinos. Foto: Defensa y Justicia/Twitter.

Mais uma vez o Bahia bateu trave nas quartas de final de um torneio expressivo. Nos âmbitos nacional e internacional, o tricolor não fica entre os quatro melhores desde a Série A de 1990. Desde então, parou 11 vezes nas quartas de final. De lá pra cá foram duas eliminações nas quartas do Brasileirão (1994 e 2001), cinco na Copa do Brasil (1999, 2002, 2012, 2018 e 2019), duas na extinta Copa dos Campeões (2001 e 2002) e duas na Copa Sul-Americana (2018 e 2020).

Esta última, na Argentina, foi definida na prática na Fonte Nova, quando o Baêa perdeu do Defensa y Justicia por 3 x 2. Considerando a regra do gol fora de casa, a reversão seria bem complicada. Apesar da luta em Florencio Varela, na zona sul da Grande Buenos Aires, acabou perdendo de novo, agora por 1 x 0. Assim, o tricolor deixa o torneio com US$ 1,775 milhão em premiações. Convertendo pela cotação de R$ 5,08, um montante de R$ 9,017 milhões.

O jogo encerrou a 7ª participação do Bahia, todas nesta década. Inclusive, vamos a um balanço dos nordestinos no torneio da Conmebol. Ao longo de dez anos, foram 19 campanhas, com os sete maiores clubes da região presentes. Entretanto, o saldo foi bem insatisfatório. O melhor desempenho da região foi chegar justamente nas quartas, em três oportunidades, duas com o Bahia e uma com o Sport – as três nas últimas quatro edições da copa.

De 2011 a 2020 foram 30 mata-matas com clubes nordestinos, com 15 classificações e 19 eliminações, com 27 vitórias, 10 empates e 31 derrotas. A conta de duelos não dá “34” porque foram incluídos quatro confrontos regionais entre 2013 e 2016, todos envolvendo o Sport (vs Náutico, Vitória, Bahia e Santa Cruz). Desconsiderando esses clássicos nordestinos, foram 26 mata-matas disputados, com 11 classificações e 15 eliminações – com 42% de aproveitamento em termos de avanço. Ainda neste recorte de dez edições, apenas Bahia (8x), Sport (5x), Vitória (1x) e Santa Cruz (1x) conseguiram avançar alguma fase.

Nordestinos na nova Sula?
Em 2021 o torneio sul-americano será reformulado, com a primeira fase ocorrendo em grupos de quatro times, com seis rodadas (avançando apenas o líder), com mata-mata só a partir das oitavas. O Nordeste vem sendo representado na Sul-Americana desde 2009, já com 12 edições seguidas. Agora, os candidatos são Bahia, Ceará, Fortaleza e Sport, dependendo da classificação final da Série A de 2020, cuja 38ª e última rodada será apenas em 24 de fevereiro de 2021. A conferir.

A seguir, as campanhas do NE na década, separadas pela fase final e em ordem cronológica.

Quartas de final (3x)
2017 – Sport (3V, 1E e 4D), tirou Danubio-URU, Arsenal-ARG e Ponte Preta; caiu pro Junior-COL
2018 – Bahia (4V, 1E e 3D), tiro Blooming-BOL, Cerro-URU e Botafogo; caiu pro Athletico-PR
2020 – Bahia (4V, 1E e 3D), tirou Nacional-PAR, Melgar-PER e Unión-ARG; caiu pro Defensa-ARG

Oitavas de final (6x)
2013 – Bahia (2V, 1E e 1D), tirou a Portuguesa; caiu pro Atlético Nacional-COL
2013 – Sport (1V, 0E e 3D), tirou o Náutico; caiu pro Libertad-PAR
2014 – Bahia (2V, 1E e 1D), tirou o Internacional; caiu pro César Vallejo-PER
2014 – Vitória (2V, 1E e 1D), tirou o Sport; caiu pro Atlético Nacional-COL
2015 – Sport (1V, 1E e 2D), tirou o Bahia; caiu pro Huracán-ARG
2016 – Santa Cruz (2V, 1E e 1D), tirou o Sport; caiu pro Independiente Medellín-COL

16 avos de final (8x)
2011 – Ceará (1V, 0E e 1D), caiu pro São Paulo
2012 – Bahia (0V, 0E e 2D), caiu pro São Paulo
2013 – Náutico (1V, 0E e 1D), caiu pro Sport
2013 – Vitória (1V, 0E e 1D), caiu pro Coritiba
2014 – Sport (0V, 0E e 2D), caiu pro Vitória
2015 – Bahia (1V, 0E e 1D), caiu pro Sport
2016 – Sport (0V, 1E e 1D), caiu pro Santa Cruz
2016 – Vitória (1V, 0E e 1D), caiu pro Coritiba

32 avos de final (2x)
2019 – Bahia (0V, 1E e 1D), caiu pro Liverpool-URU
2020 – Fortaleza (1V, 0E e 1D), caiu pro Independiente-AR

Abaixo, assista ao gol do Defensa que encerrou a participação nordestina na Sula 2020.


Compartilhe!
  •  
  • 4
  •  
  •