Compartilhe!

Em 11 de junho de 2008, numa noite inesquecível, o Sport venceu o Corinthians por 2 x 0 e conquistou a Copa do Brasil, inédita para o futebol nordestino. Por mais que o jogo siga bem vivo na memória dos rubro-negros, o título completa uma década. E a data não passa mesmo despercebida. À parte de ações do próprio clube, o jornalista Marcelo Cavalcante produziu uma história em quadrinho contando toda a campanha de 12 jogos (7V, 2E e 3D).

Voltado para o público infantil, o gibi “Eba, eu vi meu time campeão do Brasil” segue a história de duas crianças, Juninho e Luciana, que têm o mesmo sonho, o de ver um jogo do leão na arquibancada da Ilha do Retiro – uma ‘aventura’ desenvolvida durante a campanha. As ilustrações ao longo das 56 páginas ficaram a cargo de Mano Lee, que transformou lances históricos em HQ – neste post, alguns exemplos.

A revista, com roteiro do próprio Marcelo, chega em junho com tiragem de 1.500 exemplares. É uma ideia pra lá de interessante, ampliando o mercado literário no futebol – tanto em público quanto em estilo. Geralmente, o acervo sobre conquistas históricas é formado trabalhos jornalísticos ou passagens em biografias.

Por fim, a sacada de transformar outras campanhas de destaque no futebol pernambucano em histórias em quadrinhos. A partir disso, quais capítulos dos centenários Sport, Santa Cruz e Náutico poderiam virar HQs para as suas torcidas?  Há bastante para contar.

O início da campanha leonina, com goleadas sobre Imperatriz e Brasiliense…

A festa pela goleada sobre o Palmeiras, o verdadeiro ‘ponto de partida’ da campanha…

A cobrança de falta de Durval, na reta final de um jogo duríssimo contra o Inter…

A disputa de pênaltis contra o Vasco, com direito a Magrão numa das cobranças e festa de Bala…

O último capítulo, diante do Corinthians, em uma Ilha do Retiro em chamas…

A festa rubro-negra pela segunda estrela dourada…


Compartilhe!