Compartilhe!

Ceará 3 x 0 The Strongest na Sula

Mais de 46 mil torcedores apoiaram o vozão em mais uma classificação. Foto: Fausto Filho/Ceará.

Com uma campanha impressionante, tendo oito vitórias em oito jogos, o Ceará avançou pela primeira vez às quartas de final da Copa Sul-Americana. Após tentativas em 2011 e 2021, enfim se inseriu entre os oito melhores do torneio. Nas oitavas, fez 5 x 1 no agregado sobre o The Strongest da Bolívia, virando o jogo pra 2 x 1 na altitude de La Paz e goleando por 3 x 0 por Castelão.

O time de Vina e Mendoza justificou com sobras a melhor campanha da primeira fase, quando teve 100% de aproveitamento, percentual ainda vigente. Assim, já soma US$ 2 milhões em premiações na Sula, com US$ 600 mil apenas pela vaga na próxima fase. Ao todo, convertendo, já faturou R$ 10,86 milhões em cotas. Na sequência da Sul-Americana, o vozão aguarda o vencedor da chave entre São Paulo e Universidad Católica – na ida, no Chile, o time paulista fez 4 x 2.

Ceará vai pela história

Este futuro confronto será a 9ª participação do Nordeste nas quartas de final de um torneio oficial da Conmebol, sendo a 4ª vez considerando somente a Sula – as demais presenças foram na Libertadores (2x) e na Copa Conmebol (3x). Até hoje, observando o retrospecto nas competições internacionais da América do Sul, apenas dois clubes nordestinos chegaram à semifinal, ambos na extinta Copa Conmebol, na já distante década de 1990.

Enquanto o Sampaio Corrêa foi o pioneiro, ficando entre os quatro melhores em 1998, o CSA foi mais longe já no ano seguinte, terminando como vice, na única decisão da região até hoje. Portanto, o Ceará poder ser o primeiro a chegar na semifinal da Sul-Americana, criada em 2002, e ainda acabar um jejum de 23 anos sem clubes do NE num “G4” no exterior.

Salto no ranking de pontos da Sula

Com bastante apoio na arquibancada e confiança ascendente na campanha internacional, o Ceará já vislumbra um desempenho histórico. Os números falam por si, com 22 gols marcados e apenas 2 sofridos até aqui. Com 24 pontos somados em 2022, o clube cearense saltou do 4º para o 2º lugar entre os maiores pontuadores do NE na Sula. Hoje, está a 16 do líder Bahia, que não competiu neste ano. Em janeiro, essa diferença era de 40 pontos. Está indo buscar…

Nordeste nas quartas de final em torneios da Conmebol
1ª) 1960 – Libertadores (Bahia vs San Lorenzo-ARG), 0 x 3 e 3 x 2* e ***
2ª) 1989 – Libertadores (Bahia vs Internacional-BRA), 0 x 1 e 0 x 0*
3ª) 1997 – Copa Conmebol (Vitória vs Lanús-ARG), 1 x 0 e 1 x 3*
4ª) 1998 – Copa Conmebol (Sampaio Corrêa vs Deportes Quindío-COL), 1 x 0 e 1 x 0**
5ª) 1999 – Copa Conmebol (CSA vs Estudiantes de Mérida-VEN), 0 x 0 e 3 x 1**
6ª) 2017 – Sul-Americana (Sport vs Junior Barranquilla-COL), 0 x 2 e 0 x 0*
7ª) 2018 – Sul-Americana (Bahia vs Athletico Paranaense-BRA), 0 x 1 e 1 x 0 (pênaltis: 1 x 4)*
8ª) 2020 – Sul-Americana (Bahia vs Defensa y Justicia-ARG), 2 x 3 e 0 x 1*
9ª) 2022 – Sul-Americana (Ceará vs São Paulo ou Universida Católica), a disputar
* Eliminado
** Classificado à semi
*** A disputa já começou nas quartas

Ranking de pontos na Copa Sul-Americana (2002/2022)*
1º) Bahia – 52 pontos em 36 jogos (15V, 7E e 14D)
2º) Ceará – 36 pontos em 16 jogos (11V, 3E e 2D)
3º) Vitória – 20 pontos m 14 jogos (6V, 2E e 6D)
4º) Sport – 18 pontos em 20 jogos (5V, 3E e 12D)
5º) Santa Cruz – 7 pontos em 4 jogos (2V, 1E e 1D)
6º) Fortaleza – 3 pontos em 2 jogos (1V, 0E e 1D)
6º) Náutico – 3 pontos em 2 jogos (1V, 0E e 1D)
* Até 6 de julho

Leia mais sobre o assunto
O ranking de pontos dos clubes do Nordeste nos torneios Conmebol (1960/2022)

Abaixo, a publicação do perfil oficial do Ceará celebrando a classificação inédita.


Compartilhe!