Compartilhe!
  •  
  • 12
  •  
  •  

Thiago Neves chegou ao 4º gol no BR e se igualou a Maidana. Foto: Anderson Stevens/Sport.

O Sport venceu pela 9ª vez no Brasileirão de 2020, sendo também a 9ª vez por um gol de diferença. Com o campeonato já na 28ª rodada, não se trata de uma coincidência, mas de uma característica, com o rubro-negro tendo que jogar no limite, agrupado e tentando errar o mínimo possível para ser competitivo na crise.

Vem conseguindo sobretudo pelo viés defensivo, sem pudor de escalar três volantes ou de terminar o jogo com três zagueiros. É o entendimento do limite técnico, associado à necessidade de apuração tática, que coloca o leão pernambucano no jogo – sendo pouquíssimas vezes eficiente fora desse perfil. No clássico nordestino contra o Fortaleza, o 1º jogo em 2021 valeu como um imenso confronto direto na briga contra o rebaixamento.

O placar de 1 x 0 foi o mesmo do primeiro turno, na ocasião a favor do tricolor. Ali, o leão cearense ultrapassou o Sport após o triunfo, com 11 x 10 na pontuação. Agora, o inverso, com o rubro-negro tomando à frente, 32 x 31. E o mais importante neste contexto, a recuperação a vantagem sobre o Z4, passando de 1 para 4 pontos – graças, também, ao revés do Bahia em Porto Alegre, pouco antes. Na Ilha, para construir esse resultado, o Sport viveu dois momentos bem distintos. Num, do minuto 1 ao 9. Noutro, do minuto 10 até o apito final.

Na largada, com o mandante sem Lucas Mugni, o jogador que mais corria no time, além da força na marcação e no apoio, o futebol foi propositivo. Num 4-2-3-1, tendo Dalberto isolado, o Sport buscou a troca de passes, inclusive pelas pontas. Com o Fortaleza tendo 4 desfalques pela Covid-19 (e 10 ao todo no elenco), Chamusca optou por estruturar o time nos primeiros minutos. Contudo, não deu tempo devido à boa jogada de Marquinhos aos 9. Na ponta esquerda, pedalou e viu Thiago Neves na entrada da área. Rolou a bola e o meia deu um tapa, com efeito, no cantinho de Felipe Alves. Um golaço que mudou drasticamente o Sport. De 55% posse até então, o Sport terminou com apenas 35% – cenário visto outras vezes inclusive no Recife. Não construiu mais e desperdiçou os contragolpes, seja pelo passe errado, a tomada de decisão demorada ou a finalização pra fora (do Brocador, aos 39/2T).

Por outro lado, deu pouco espaço ao adversário. O scout de finalizações, entre certas e erradas, apontou 17 x 6 para o Fortaleza. Já na barra, 1 x 1. Pois é. Sem conseguir entrar na área, o leão do pici arriscou de longe, bastante, além de cabeçadas travadas, com Maidana aparecendo bem demais. Aos 22 da segunda etapa, o Fortaleza ainda teve um gol corretamente anulado pelo VAR, com Éderson, que acabara de entrar, pouco à frente. Aquela foi única “quebra de linha” da zaga do Sport em toda a noite. E assim o Sport pontuou pela 3ª vez seguida em casa, recuperando um pouco o dano. Já o Fortaleza, imerso na mesma disputa, chegou a seis jogos de jejum, com 3E e 3D. A falta de repertório na Ilha justificou o momento.

Sport em 28 rodadas na Série A de 2020
Mandante (14 jogos, 22 pts e 52.3%): 7V, 1E e 6D
Visitante (14 jogos, 10 pts e 23.8%): 2V, 4E e 8D

Escalação do Sport (melhores: Thiago Neves, Maidana e Marcão)
Luan Polli, Raul Prata (Rafael Thyere, 44/2T), Maidana, Adryelson e Júnior Tavares; Marcão, Ronaldo (Betinho, 12/2T), Patric, Marquinhos (Sander, 12/2T) e Thiago Neves (Jonatan Gómez, 31/2T); Dalberto (Brocador, 31/2T). Técnico: Jair Ventura

Escalação do Fortaleza (piores: João Paulo e Gabriel Dias)
Felipe Alves; Gabriel Dias (Torres, 42/2T), Paulão, Wanderson e Carlinhos; Ronald (Bruno Melo, 37/2T), Felipe (Derley, 42/2T) e João Paulo (Éderson, 20/2T); Romarinho, Wellington Paulista e Osvaldo (Yuri César, 20/2T). Técnico: Marcelo Chamusca

Histórico de Sport x Fortaleza (todos os mandos)
42 jogos
21 vitórias rubro-negras (50,0%)
13 empates (30,9%)
8 vitórias tricolores (19,0%)

Os confrontos pela Série A (1V pra cada e 2E)
1º) 25/08/1973 – Sport 0 x 0 Fortaleza (Ilha do Retiro)
2º) 04/05/1974 – Fortaleza 3 x 3 Sport (Castelão)
3º) 09/09/2020 – Fortaleza 1 x 0 Sport (Castelão)
4º) 06/01/2021 – Sport 1 x 0 Fortaleza (Ilha do Retiro)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Fred Figueiroa e Thiago Minhoca):

Abaixo, assista ao gol da partida, através do perfil oficial do Brasileirão no Twitter.


Compartilhe!
  •  
  • 12
  •  
  •