Compartilhe!

Léo Lemos/Náutico

O Náutico precisou ter muita paciência para vencer o Altos do Piauí, que jogava a sua última carta na Copa do Nordeste. Pelo lado timbu, o momento o oposto, com a missão de seguir na zona de classificação nesta reta final da 1ª fase. Com esforço, a missão alvirrubra foi cumprida.

A tal paciência passou até pelo comportamento da torcida, que vaiou o time no intervalo. É verdade que a atuação no 1T foi fraquíssima, tendo apenas uma chance clara (de Fábio) diante de um time sem vitórias na competição. Só que o visitante não teve o menor pudor de seguir na defesa o jogo inteiro. Logo, era precisa trazer o público (8.609) a favor e encontrar brechas. Novamente no banco, por questões físicas, Wallace Pernambucano foi acionado no intervalo e, novamente, melhorou o time – terceira vez seguida que isso acontece. Com o jogo já aos 29 minutos do 2T, o atacante carregou a bola, passou por dois jogadores e foi derrubado pelo terceiro. Dentro da área, pênalti. Na cobrança, chute firme e vantagem para destravar o jogo.

Com mais tranquilidade e espaço para jogar, até porque o Altos finalmente teria que tentar algo contra a meta de Bruno, o campeão pernambucano ampliou num chute de Maylson, que recebeu de Thiago e bateu de fora da área, 2 x 0. Em 3º no grupo B, com 14 pontos, o timbu pavimentou a chance de classificação sem depender de resultados paralelos. Irá a Salvador por uma vitória simples sobre o rubro-negro baiano. O que não significa facilidade, mas ao menos o momento atual é mais favorável, com 15 jogos de invencibilidade, sendo 10V e 5E…

Escalação do Náutico (melhores: 1 Wallace, 2 Thiago; pior: Odilávio)
Bruno; Hereda, Diego, Sueliton e Assis; Josa, Luiz Henrique (Maylson, 25/2T) e Fábio (Jorge Henrique, intervalo); Thiago, Odilávio (Wallace PE, intervalo) e Robinho. Técnico: Márcio Goiano

Escalação do Altos (melhor: Anderade; piores: 1 Raphael, 2 Eder)
Andrade; Caíque, Leone, Renato Santos e Tiaguinho (Wesley, 28/2T); Netinho, Dos Santos, Humberto e Eder Guerreiro; Radsley (Junior PB, 37/2T) e Raphael Freitas (Luizão, 15/2T). Técnico: Maurílio Silva

Os 3 confrontos contra o Altos (1V do timbu e 2E)
1º) 17/01/2018 – Náutico 2 x 2 Altos (Arena PE)
2º) 29/03/2018 – Altos 2 x 2 Náutico (Albertão)
3º) 23/03/2019 – Náutico 2 x 0 Aflitos (Aflitos)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli e Clauber Santana, 55-75min):

Léo Lemos/Náutico


Compartilhe!