Compartilhe!

Rodrigo Baltar/Santa Cruz FC

Sem dificuldades, o Santa Cruz venceu o Confiança por 2 x 0 e terminou a primeira fase do Nordestão em 2º lugar no grupo A, com 12 pontos. Chegou a figurar na liderança durante boa parte da rodada derradeira, mas o Fortaleza acabou marcando um gol no Castelão. De toda forma, o resultado garantiu o mando de campo ao tricolor nas quartas de final, diante do CRB.

No mata-mata, em jogo único, o time coral deverá ser bem diferente da escalação vista desta vez, com reservas ganhando oportunidade (caso do zagueiro Vitão) e estreias (caso do também zagueiro William Alves). Por sinal, Leston Júnior surpreendeu ao mandar um time misto. Apesar da vaga antecipada, ainda havia a briga pela ponta. Embora também seja verdade que o adversário sergipano possibilitava isso, uma vez que veio ao Recife já eliminado, sem tanto interesse.

E o tricolor começou a exercer o seu favoritismo logo cedo, com 11 minutos. Marcos Martins cobrou uma falta pela direita e Vitão desviou, abrindo o placar. Aqui, vale registro de que o lateral segue mostrando qualidade nos cruzamentos, podendo ser uma boa arma para a fase eliminatória. Com trocas no intervalo e no decorrer do 2T, o treinador coral acabou fazendo testes, como na entrada de Warley, que inclusive participou da jogada do segundo gol, puxando o contragolpe finalizado pro Guilherme Queiroz. Este, sim, estava precisando mostrar algo, pois vinha num desempenho bem abaixo de Pipico.

Desde que a competição regional voltou ao calendário oficial, em 2013, esta é a 6ª vez que o tricolor chega, no mínimo, às quartas de final – a exceção foi na edição de 2015, justamente a única em que não participou. Portanto, dá sequência à tradição já estabelecida.

Escalação do Santa (melhores: 1 Marcos Martins, 2 Warley)
Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Vitão, William Alves e Carlos Renato; Lucas Gonçalves, Charles e Patrick Vieira (Luiz Felipe, 17/2T); Cesinha (Jô, intervalo), Guilherme Queiroz e Elias (Warley, 10/2T). Técnico: Leston Júnior

Escalação do Confiança
Genivaldo; Aderlan, Zé Carlos, João Paulo e Tauã; Pablo, Bareta e Rafa Marcos; Jonatas, Amilcar e Gustavinho. Técnico: Geraldo

Histórico geral de Santa Cruz x Confiança (todos os mandos)
25 jogos
18 vitórias tricolores (72,0%)
6 empates (24,0%)
1 vitória sergipana (4,0%)

Campanhas do Santa na volta do Nordestão (entre parênteses, a premiação)
2013 – Quartas de final (R$ 300 mil)
2014 – Semifinal (R$ 850 mil)
2015 – não participou
2016 – Campeão (R$ 2,385 milhões)
2017 – Semifinal (R$ 1,6 milhão)
2018 – Quartas de final (R$ 1,45 milhão)
2019 – Quartas de final (R$ 2,515 milhões), em andamento
Total: R$ 9,1 milhões

A análise do Podcast 45 Minutos (do minuto 86 ao 104):

Rodrigo Baltar/Santa Cruz FC


Compartilhe!