Compartilhe!

Em sua 10ª edição, a Série D do Brasileiro reúne dois clubes nordestinos na decisão pela primeira vez. Após a classificação do Ferroviário do Ceará lá em Porto Alegre, no domingo, o Treze assegurou a segunda vaga no estádio Amigão, em Campina Grande. Despachou o Imperatriz nos pênaltis. Desta forma, a final já garante à região o 14º título nacional oficial, considerando qualquer série, copa ou campeonato. E o campeão de 2018 será inédito neste contexto. Até hoje, apenas oito clubes ergueram algum troféu nacional sob a chancela da CBF.

Focando a quarta divisão, será a quarta taça do Nordeste, após Guarany de Sobral (2010), Sampaio Corrêa (2012) e Botafogo da Paraíba (2013). Já classificados à terceirona de 2019, Treze e Ferroviário miram um título histórico para as respectivas histórias.

No caso do Ferrão, o último título oficial remete a 1995, quando venceu o Cearense pela 9ª vez. Portanto, pode findar um jejum de 23 anos e encerrar um grande ano. Afinal, na Copa do Brasil o tubarão chegou à 4ª fase, arrecadando R$ 4,3 milhões em cotas, dinheiro nunca visto no clube. Na campanha, eliminou o Sport na Ilha, nos pênaltis, após empatar em 3 x 3, com três gols nos últimos dez minutos.

No Treze do meia Marcelinho Paraíba, de 43 anos, a taça acalmaria a torcida, que viu em 2013 os títulos do Campinense (NE) e Botafogo (D). Além disso, seria um título nacional sem questionamento. Embora o seu estádio, o PV, tenha na fachada a pintura ‘Campeão Brasileiro de 1986 – Série B’, a confederação ainda não bateu o martelo sobre a questão – seriam quatro campeões, tendo ainda Central (PE), Inter de Limeira (SP) e Criciúma (SC), uma vez que não houve disputa final entre as quatro equipes, vencedora de seus grupos naquele ano.

Finais nos dias 30/07 (Castelão) e 05/08 (Amigão).

Campanhas na Série D de 2018
Treze – 26 pontos em 14 jogos; 7V, 5E e 2 D; 24 GP e 10 GC
Ferroviário – 24 pontos em 14 jogos; 6V, 6E e 2D; 23 GP e 17 GC

Desempenho nas 10 edições da Série D (2009-2018)
Nordeste – 4 títulos e 5 vices
Sudeste – 4 títulos e 2 vices
Sul – 1 título e 2 vices
Norte – 1 título
Centro-Oeste – 1 vice

Clubes nordestinos com conquistas nacionais*
3 – Sport (Série A 1987, Série B 1990 e Copa do Brasil 2008)
3 – Sampaio Corrêa (Série B 1972, Série C 1997 e Série D 2012)
2 – Bahia (Taça Brasil 1959 e Série A 1988)
1 – Guarany de Sobral (Série D 2010)
1 – ABC (Série C 2010)
1 – Botafogo-PB (Série D 2013)
1 – Santa Cruz (Série C 2013)
1 – CSA (Série C 2017)
* Desconsiderando o peso de cada título, com ordem a partir da última taça


Compartilhe!