Compartilhe!

Ricardo Fernandes/Spia Photo

O primeiro dos quatro jogos do Sport no Brasileirão de 2018 programados para a Arena Pernambuco registrou a presença de quase 29 mil pessoas, com aplausos de leoninos e corintianos no apito final. O empate em 1 x 1 não foi o desfecho de um grande jogo, mas as duas torcidas parecem ter entendido bem o contexto dos respectivos técnicos nesta rodada.

No mandante, Claudinei Oliveira precisou contornar dois desfalques por obrigação contratual, pois o Corinthians paga parte dos salários de Marlone e Felipe Bastos, emprestados. Em contrapartida, teve a estreia de três nomes, o atacante Rafael Marques (titular), o meia Michel Bastos (entrou aos 25/2T) e o volante Deivid (acionado aos 30/2T). Mais qualidade técnica e menos entrosamento – sinuca de bico num time em busca de alinhamento sobre a proposta mais defensiva.

No visitante, o hiato foi enorme. Do time que goleou por 7 x 2 na Venezuela, pela Libertadores, cinco titulares sequer vieram ao Recife: Cássio, Balbuena, Rodriguinho, Jádson e Romero. Mas a balança ainda pendia para Fábio Carille, com um elenco mais robusto que o do rubro-negro e com uma organização – e concentração – elogiável. Segundo o scout do Footstats, o Sport desarmou mais, com 17 x 7, e também finalizou mais, com 5 x 3 nas tentativas certas e 16 x 6 somando certas e erradas. Números à parte, a eficiência estava do outro lado.

Se no 1T Rogério perdeu duas oportunidades, Roger, ex-Sport, teve apenas uma e guardou, num escanteio logo no início da etapa complementar. Logo, voltou a dúvida sobre o poder de reação do leão, alimentada pela inoperância no Mineirão. Desta vez, contudo, durou apenas 8 minutos, com uma peça de pouco cartaz decidindo. Alheio aos reforços mais badalados, o atacante Carlos Henrique empatou num belo gol. Iniciou a jogada, tocou para Rogério, que fez ótimo serviço na ponta, e apareceu em condições para finalizar, de três dedos. Com a igualdade retomada, o ritmo caiu bastante, num grau de aceitação mútuo. Tanto para quem alça voos mais altos quanto para quem vem se arriscando em voos mais modestos…

Histórico geral de Sport x Corinthians (todos os mandos)
41 jogos
15 vitórias rubro-negras (36,5%)
10 empates (24,3%)
16 vitórias paulistas (39,0%)

Histórico de Sport x Corinthians pela Série A (todos os mando)
36 jogos
13 vitórias rubro-negras (36,1%)
9 empates (25,0%)
14 vitórias paulistas (38,8%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, Fred Figueiroa e Lucas Fitipaldi):

Williams Aguiar/Sport Club do Recife


Compartilhe!