Compartilhe!

As três opções de capa neste ano. Na votação, pela ordem: Arte 40.1%, Raiz 37.8% e Craques 22.1%.

O Campeonato Brasileiro de 2020 é a 5ª edição seguida com um álbum oficial de figurinhas. No caso, seguindo o acordo entre a CBF e a Panini. Sem chancela, a editora já publicava o álbum desde 1996, quando assumiu o papel da Abril, que lançou o álbum de 1987, apenas com o módulo verde da competição, até 1995. Ao todo, 34 edições ininterruptas, com 25 da Panini e 9 da Abril.

O novo “produto oficial licenciado” repete o modelo visto em toda esta década, com os 40 clubes presentes nas Séries A e B – em 2020, portanto, são 10 clubes nordestinos, sendo 4 representantes na primeira divisão e 6 na segunda divisão. Apesar da apresentação da capa, definida numa enquete no perfil oficial do Brasileirão no Twitter, com 3 mil votos, a Panini não deu mais detalhes sobre o álbum, como número de páginas, cromos especiais e até mesmo a data de lançamento – com o campeonato já passando de 8 rodadas disputadas. Sobre a enquete, a primeira a definir a capa, foram três opções. Eu tinha curtido a opção que ficou em 3º lugar.

No blog, foco nas capas dos álbuns. Por sinal, a nova versão já foi atualizada em relação à imagem da enquete (no alto o post), com o troféu ganhando mais destaque do que o distintivo da CBF, antes centralizado e agora no canto inferior, discreto. Gostei do ajuste. A seguir, a versão definitiva da capa de 2020 (à esquerda) e a capa de 2019 (à direita). Qual a melhor?

A seguir, os clubes presentes no livro ilustrado oficial desta temporada.

Série A
Athletico (PR), Atlético (GO), Atlético (MG), Bahia (BA), Botafogo (RJ), Bragantino (SP), Ceará (CE), Corinthians (SP), Coritiba (PR), Flamengo (RJ), Fluminense (RJ), Fortaleza (CE), Goiás (GO), Grêmio (RS), Internacional (RS), Palmeiras (SP), Santos (SP), São Paulo (SP), Sport (PE) e Vasco (RJ)

Série B
América (MG), Avaí (SC), Botafogo (SP), Brasil (RS), Chapecoense (SC), Confiança (SE), CRB (AL), Cruzeiro (MG), CSA (AL), Cuiabá (MT), Figueirense (SC), Guarani (SP), Juventude (RS), Náutico (PE), Oeste (SP), Operário (PR), Paraná (PR), Ponte Preta (SP), Sampaio Corrêa (MA) e Vitória (BA)

Abaixo, relembre as outras 32 capas dos álbuns do Brasileiro, por ordem decrescente. Para visualizar melhor, caso esteja num celular, basta “esticar” a tela para ampliar as imagens.

Haja nostalgia. No meu caso, lá na década de 1990. E você, já colecionou alguma vez?

2018-2011

2010-2003

2002-1995

1994-1987


Compartilhe!