Compartilhe!

Fortaleza x Sport, a final do NE em 2022

Os tricolores e rubro-negros que ajudaram na campanha à final. Arte: Copa do Nordeste/Twitter.

De um lado, o Leão do Pici. Do outro, o Leão da Ilha. É o que nos reserva a decisão da Copa do Nordeste de 2022, com um clássico regional valendo o título da 19ª edição. Vivendo o maior momento de sua história, prestes a estrear na Libertadores, o Fortaleza chega invicto para tentar o bicampeonato da Lampions.

Já o Sport, tentando se arrumar após o rebaixamento, engatou uma campanha de superação e chega à final numa crescente, querendo o tetra, que igualaria o recorde do torneio – hoje dividido por Bahia e Vitória. Na única fase em ida e volta nesta competição, jogos em arenas de Copa do Mundo, com a primeira partida na Arena Pernambuco, uma vez que a Ilha do Retiro não atende, hoje, à capacidade mínima para a final, de 15 mil, e com a volta no Castelão, com previsão acima de 40 mil torcedores.

Neste clássico, o time de Vojvoda, com R$ 21 milhões em reforços, tem um favoritismo natural. Mesmo sem forçar tanto no Nordestão, como na semifinal diante do Náutico, o tricolor vem controlando os jogos e alcançando os resultados. Enquanto isso, o leão já trocou de treinador, com a surpreendente escolha por Gilmar Dal Pozzo, e ainda vem com sérias dificuldades de composição no meio-campo, hoje com o volante Naressi, emprestado pelo arquirrival do próximo adversário, tendo que cumprir o papel – embora não tenha sido utilizado na semi. Mesmo assim, me parece uma disputa aberta, até mesmo pela atmosfera de público, com o mando de campo (de cada um) ganhando mais força nesta semana.

Histórico de mata-matas entre leões

Na história, este será o 5º mata-mata entre os leões, com três classificações do Sport (Copa do Brasil em 1989 e 1992 e Nordestão em 2015) e uma do Fortaleza (Nordestão de 2020). Já no scout geral, a vantagem pernambucana é grande, com 11 vitórias a mais (21 x 10), mas os cearenses venceram três dos últimos quatro jogos, incluindo um lá e lô na Série A de 2021.

O último jogo, aliás, foi na Arena PE, palco do jogo de ida. Naquela vez, em 26 de setembro de 2021, portões fechados. Desta vez serão mais 20 mil pessoas. Em relação às finanças, vale dizer que Fortaleza e Sport já acumulam R$ 2,56 milhões em cotas de premiação. Agora é o seguinte: R$ 1 milhão ao campeão e R$ 500 mil ao vice. O rubro-negro pernambucano já foi campeão em 1994, 2000 e 2014, enquanto o tricolor ganhou em 2019. Quem leva em 2022?

A tabela da final da Copa do Nordeste 2022 (e as transmissões na TV)
31/03 (21h35) – Sport x Fortaleza (Arena Pernambuco), SBT e ESPN
03/04 (18h30) – Fortaleza x Sport (Castelão), SBT e ESPN

As campanhas dos finalistas (após 10 jogos)
22 pontos – Fortaleza (6V, 4E e 0D; 24 GP e 7 GC; +17)
18 pontos – Sport (5V, 3E e 2D; 13 GP e 7 GC; +6)

Histórico geral do confronto (todos os mandos)
44 jogos
21 vitórias do Sport (47,7%)
13 empates (29,5%)
10 vitórias do Fortaleza (22,7%)

Abaixo, o histórico de classificações à decisão do Nordestão. Enquanto o futebol cearense engata a 4ª final seguida, sendo duas com o Fortaleza e duas com o Ceará, Pernambuco não chegava nesta etapa há cinco anos. Desde o próprio Sport, vice em 2017. Com 4 títulos e 5 vices, o Bahia é o recordista de finais. Assim como o estado da Bahia, com 17 presenças.

Nº de presenças na final da Copa do Nordeste de 1994 a 2022 (e o nº de títulos)*
1º) 9 vezes – Bahia (4)
2º) 7 vezes – Vitória (4)
3º) 6 vezes – Sport (3)
4º) 4 vezes – Ceará (2)
5º) 2 vezes – Campinense (1) e Fortaleza (1)
7º) 1 vez – América-RN (1), Santa Cruz (1), Sampaio Corrêa (1), CRB (0), Fluminense de Feira (0), ABC (0), ASA (0) e Botafogo-PB (0)
* Neste período foram 38 vagas na semifinal, com a presença de 14 clubes diferentes.

Leia a análise das semifinais
Fortaleza vence o Náutico e vai à final do Nordestão pela 2ª vez; sequência gigante

Em jogo quente, Sport vence o CRB e vai à final do Nordestão pela 6ª vez. Pelo tetra…


Compartilhe!