Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

É o 6º ano seguido com clubes nordestinos licenciados no Fifa. Novamente com 3 representantes.

Entre cerca de 700 clubes presentes, o game “Fifa 22” traz 18 clubes brasileiros licenciados, a mesma quantidade da versão anterior. E a lista de licenças é bem fragmentada. Com as Séries A e B licenciadas no concorrente, o “eFootball” (ex-PES), a 29ª versão da franquia produzida pela EA Sports conta com os brazucas bem espalhados, sendo 13 na “Liga do Brasil”, 3 na Libertadores (Flamengo, Palmeiras e São Paulo) e 2 na Sul-Americana (Bragantino e Corinthians).

Dos times na liga nacional, 9 também aparecem nos torneios da Conmebol, licenciados nesta versão – com direito a bola, design de transmissão, troféu etc. Na lista brazuca, três do Nordeste, o foco desta publicação. No caso, Bahia, Ceará e Fortaleza, com escudos e uniformes autênticos, mas com elenco genéricos. Apesar da 2ª participação seguida na Série A, o Sport ficou de fora do game mais uma vez, pois tem contrato de exclusividade com a Konami, a produtora do eFootball – assim como Flamengo, Palmeiras, São Paulo e Corinthians, que só entraram no Fifa por causa da participação nos torneios da Conmebol, valendo um outro contrato. Além do leão, o América-MG foi o outro time da 1ª divisão ausente no game.

Abaixo, o novo ranking sobre os níveis dos times brasileiros, com o “overall” a partir das forças estimadas na defesa, no meio-campo e no ataque. Atual bicampeão brasileiro, o Flamengo aparece novamente com a melhor, média, tendo 76,0 pontos – a título de comparação, a Seleção Brasileira tem força 80,0. Na região, o Fortaleza tomou a dianteira do Bahia e agora tem o maior índice (72,3). Em termos gerais, no país, isso corresponde ao 12º lugar.

Na versão brasileira, a narração é, pela segunda vez, de Gustavo Villani, do SporTV. Já os comentários seguem com Caio Ribeiro, presente desde as versões do game com Tiago Leifert como narrador. Lançado oficialmente em 1º de outubro, o Fifa 21 chegou ao mercado custando entre R$ 248 (standard no Steam) e R$ 499 (ultimate edition no Xbox), sendo disponibilizado para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Serie X/S, PC e Steam.

O 6º ano seguido com clubes nordestinos presentes no Fifa Football
2017 – 23 times (Santa Cruz, Sport e Vitória)
2018 – 16 times (Sport e Vitória)
2019 – 15 times (Bahia, Ceará, Sport e Vitória)
2020 – 15 times (Bahia, Ceará, CSA e Fortaleza)
2021 – 18 times (Bahia, Ceará e Fortaleza)
2022 – 18 times (Bahia, Ceará e Fortaleza)

Os principais times do NE no Fifa
A seguir, os uniformes e dados dos três nordestinos, com os principais jogadores de cada um, todos genéricos. O melhor jogador do NE é o lateral-esquerdo “Esler”, do Fortaleza, com força 79 – no Fifa 21 foi o volante “Aníbal”, também do leão do pici, com força 76. Neste novo game, os melhores são Messi (PSG) e Lewandowski (Bayern), com 93 e 92 , respectivamente. Desta vez, Cristiano Ronaldo (Manchester United) vem em 3º lugar, com nível 91, empatado com outros quatro nomes.

Fortaleza no Fifa 22 (e a variação sobre o 21)
72 – Defesa (+1)
71 – Meio-campo (+2)
74 – Ataque (+4)
Média de 72,3 (+2,3 pontos)
Ranking entre os brasileiros: 12º (+4 posições)

Time-base: Angulho (70); Multinho (72), Nunson (74), Cunha (73) e Esler (79); Anton (74), Dias (70), Abranches (72), Monteiro (70) e Paulolettinho (70 e Bardeira (78)

Ceará no Fifa 22 (e a variação sobre o 21)
73 – Defesa (+3)
72 – Meio-campo (+3)
71 – Ataque (+5)
Média de 72,0 (+3,7 pontos)
Ranking entre os brasileiros: 13º (+4 posições)

Time-base: Reis (76); Caeiro (75), Goiteira (73), Menceiros (70) e Almeim (76); Jorginhson (75), Simões (73), Bardinho (74) e Milaçar (72); Stein (75) e Nascimentardo (0)

Bahia no Fifa 22 (e a variação sobre o 21)
71 – Defesa (igual)
70 – Meio-campo (-1)
71 – Ataque (+2)
Média de 70,6 (+0,3 ponto)
Ranking entre os brasileiros: 15º (mesma posição)

Time-base: Magela (74); Piresinho (74), Freitinho (75), Zenon (70) e Padilha (74); Serpe (66), Paneira (73) e Piodão (75); Bruma (72), Mendes (72) e Louro (71)

Enfim, confira as médias dos 18 times brasileiros presentes no Fifa 22. A média foi calculada pelo blog, pois o jogo cita o número de estrelas (1.0, 1.5, 2.0, 2.5 etc). No caso, é “média” entre os dados de defesa, meio-campo e ataque. Já o asterisco indica a presença no jogo, com a legenda no fim.

De 75,1 a 80,0 de overall (1 time)
1º) 76,0 – Flamengo (75, 76 e 77) *2

De 70,1 a 75,0 de overall (15 times)
2º) 74,6 – Atlético-MG (76, 74 e 74) *4
2º) 74,6 – Palmeiras (74, 76 e 74) *2
4º) 74,3 – Bragantino (75, 74 e 74) *3
5º) 73,6 – Grêmio (74, 75 e 72) *5
6º) 73,3 – Athletico-PR (74, 72 e 74) *5
6º) 73,3 – Internacional (75, 74 e 71) *4
6º) 73,3 – São Paulo (72, 74 e 74) *2
9º) 72,6 – Corinthians (74, 72 e 72) *3
9º) 72,6 – Fluminense (72, 72 e 74) *4
9º) 72,6 – Santos (72, 72 e 74) *4
12º) 72,3 – Fortaleza (72, 71 e 74) *1
13º) 72,0 – Ceará (73, 72 e 71) *5
14º) 71,6 – Atlético-GO (73, 71 e 71) *5
15º) 70,6 – Bahia (71, 70 e 71) *5
16º) 70,3 – Cuiabá (71, 70 e 70) *1

De 65,1 a 70,0 de overall (2 times)
17º) 70,0 – Juventude (70, 70 e 70) *1
18º) 69,3 – Chapecoense (69, 69 e 70) *1

Legenda sobre a disponibilidade dos times
*1 Só a Liga do Brasil
*2 Só na Libertadores
*3 Só na Sul-Americana
*4 Na Liga do Brasil e na Libertadores
*5 Na Liga do Brasil e na Sul-Americana

Leia mais sobre o assunto
Os níveis de todos os times brasileiros e os uniformes nordestinos no Fifa 21


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •