Compartilhe!

Um dos principais jogos presentes no acervo da Globo Nordeste, em 11 de junho de 2008.

Após quatro domingos seguidos exibindo reprises de jogos da Seleção Brasileira, sendo três do time masculino e um do feminino, a Rede Globo deve passar a retransmitir partidas históricas de clubes, com jogos específicos em cada praça. Segundo a reportagem do UOL, assinada por Gabriel Vaquer, a emissora irá manter o futebol no domingo, na faixa das 16h, onde vem ficando no patamar de 18/20 pontos de audiência, bem à frente dos concorrentes nacionais no horário.

Agora, a ideia é o uso da faixa com jogos distintos em maio/junho, semelhante ao modelo de transmissão da Série A, que tem um jogo focando o público do Rio, outro focado em São Paulo e um terceiro em rodízio com outras praças de peso no país. A diferença, a favor, seria a ausência do rodízio, com jogos locais em cada estado. A princípio, a ideia será executada nas cinco emissoras próprias da Globo, em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Recife. Aqui, via Globo Nordeste, que exibe o futebol local de forma contínua desde 2000.

Em 20 anos, entre Estadual, Nordestão, Série A, Série B, Copa do Brasil e Libertadores, várias partidas importantes de Náutico, Santa e Sport. No cenário pernambucano, segundo apuração do blog, os primeiros jogos já estão sendo estudados. Ainda não tenho a informação de quantos domingos serão utilizados, até porque é uma resposta que vem atrelada à volta do futebol, hoje sem qualquer condição sanitária, uma vez que a pandemia segue em marcha.

Os demais estados com emissoras afiliadas à Globo, como Bahia (Rede Bahia) e Ceará (TV Verdes Mares), devem fazer a própria curadoria para exibir jogos do tipo. De toda forma, os jogos da “rede”, que são aqueles para Rio ou São Paulo, já ficariam como opção para a grade.

Atualização das informações em 25/05
A princípio, o blog havia apurado a final do Estadual de 2001 como o jogo do Náutico e uma vitória do Santa sobre o Corinthians, pelo Brasileirão de 2006. Posteriormente a emissora confirmou outras partidas, com dois acessos emblemáticos dos clubes, ambos à elite – no caso tricolor, a Globo ainda chegou a anunciar Santa x Betim, pela Série C, mas voltou atrás após as reclamações dos torcedores. Já a final da Copa do Brasil era mesmo certeza. Tanto que abre a sequência de reprises. Em Salvador, estreia sem surpresa, com Inter 0 x 0 Bahia, a decisão do Brasileirão de 1988.

A favor do leão (em 17/05): Sport 2 x 0 Corinthians, a final da Copa do Brasil de 2008
A transmissão na Ilha, distribuída pela emissora para todas as afiliadas no país, ocorreu com narração de Cléber Machado. Já a reprise será a versão com Rembrant Júnior, que trabalhou no dia no SporTV – que já reprisou o jogo. Em campo, o leão fez o placar necessário para reverter a vantagem paulista. Os gols de Bala e Luciano Henrique valeram a 2ª estrela dourada do Sport.

A favor do timbu (em 24/05): Náutico 2 x 0 Ituano, Série B de 2006
Diante de 20.699 torcedores nos Aflitos, que aparentava uma lotação ainda maior, o Náutico confirmou o retorno à elite do futebol nacional após longos 12 anos. A vitória veio em 11 de novembro, na penúltima rodada, cicatrizando as feridas da edição anterior da segundona. Os gols saíram na segunda etapa, através de Capixaba e Felipe. Em 16/05 houve a reprise no SporTV.

A favor dos corais (em 31/05): Santa Cruz 2 x 1 Portuguesa, Série B de 2005
Na última rodada do quadrangular final, a torcida do Santa lotou o Arruda, com mais de 65 mil pessoas. Precisando de uma vitória simples para subir, o tricolor venceu a Portuguesa de virada, com dois gols do centroavante Reinaldo, o artilheiro da segundona. Aquele time tinha como destaque a dupla Carlinhos Bala/Rosembrick. A transmissão da época foi dividida, em parte, com Náutico x Grêmio. Por isso, a reprise terá uma nova narração, “ao vivo”.

Quais jogos, entre aqueles transmitidos na Rede Globo, você gostaria de rever?

Algumas sugestões do blog: Santa 0 x 2 Náutico (PE 2001), Santa 0 x 3 Náutico (PE 2004), Colo Colo 1 x 2 Sport (Libertadores 2009), Sport 4 x 2 Flamengo (Série A 2009), Vila Nova 0 x 1 Sport (Série B 2011), Náutico 1 x 0 Sport (Série A 2012), Sport 2 x 3 Santa (PE 2012), Ceará 1 x 1 Sport (Nordestão 2014), Mogi Mirim 0 x 3 Santa (Série B 2015), Campinense 1 x 1 Santa (Nordestão 2016)…


Compartilhe!