Compartilhe!

Na temporada que marca o 80º aniversário da história do Íbis, o clube alcançou uma marca inédita. Conseguiu perder os seus jogos em três categorias oficiais no mesmo dia, 0% de aproveitamento. Presente na segunda divisão profissional do Estadual e nas competições Sub 17 e feminina, o pássaro preto foi superado em todas as frentes no dia 16 de setembro.

Por falta de recursos, o clube não costuma disputar todas as categorias possíveis, tanto que o departamento feminino foi reativado agora após alguns anos. Idem nas categorias de base – em 2018, por exemplo, se inscreveu apenas no juvenil, o Sub 17.

Sobre o domingo fatídico, o dia terminou com a apresentação do time principal, que entrou confiante no gramado do Ademir Cunha, por volta das 17h.

Afinal, o time estava invicto até então, com 1V e 2E. Após tomar a virada, com direito a queda de energia no estádio, o rubro-negro buscou o empate aos 33 minutos do segundo tempo, só para levar o terceiro gol cinco minutos depois. Tradição quase octogenária.

Sub 17 – Íbis 0 x 5 Náutico (Ademir Cunha, em Paulista)

Caio Falcão/Íbis

Feminino – Ipojuca 1 x 0 Íbis (Antônio Dourado, em Ipojuca)

FPF/divulgação

Série A2 – Íbis 2 x 3 Cabense (Ademir Cunha, em Paulista)

Íbis/twitter (@ibismania)

No ano passado o Íbis chegou “perto” da marca. Chegou a ser derrotado na mesma “rodada” em três categorias, mas em dias distnto. Em 28 de outubro, foi goleado duas vezes pelo Náutico, ambos os jogos no CT Wilson Campos: 5 x 0 no infantil e 7 x 0 no juvenil. No dia 29 foi goleado na segundona, com o Decisão fazendo 3 x 0 no estádio Artur Tavares, em Bonito.


Compartilhe!