Compartilhe!

Ranking de redes sociais

Pelo 17º mês seguido, o Nordeste tem 30% dos clubes no levantamento produzido pelo Ibope.

O Ibope-Repucom publicou a atualização mensal das bases digitais dos principais clubes brasileiros, somando os perfis oficiais nas cinco redes sociais mais utilizadas no futebol até junho de 2022 – Facebook, Twitter, Instagram, Youtube e TikTok; confira o ranking completo abaixo. Ao todo, o quadro digital conta com 50 times monitorados, incluindo 15 nordestinos. No último mês foram 2,0 milhões de novas inscrições, sendo 312 mil entre os nordestinos, ou 15,6% do total.

Houve um freio em relação ao mês passado, com 528 mil adesões. Tanto que o número de nordestinos com mais de 10 mil novos seguidores caiu de dez – a marca dos últimos três meses, na verdade – para apenas seis. Ainda assim, há um destaque considerável. Com quase 100 mil inscrições em suas redes, o Vitória conseguiu ultrapassar Ceará e Fortaleza e retomou o 3º lugar na região, posto que havia ocupado pela última vez há quase dois anos, em julho de 2020! E olhe que isso ocorreu mesmo com a dupla cearense mantendo o ritmo forte, com 40 mil adesões no alvinegro e 64 mil no tricolor. A disputa segue aberta, com 22 mil pessoas separando o trio, que deve alcançar o patamar de 3 milhões no próximo levantamento.

À frente desses três aparecem Sport e Bahia, com o clube pernambucano voltando a abrir vantagem na liderança do Nordeste. A diferença saltou de 486 mil para 499 mil. O rubro-negro recifense é o único com mais de 4 milhões de seguidores acumulados e se manteve pelo 21º mês seguido em 13º lugar no ranking nacional. No entanto, a vantagem sobre o Botafogo do Rio de Janeiro, o concorrente mais próximo, caiu de 217 mil para 191 mil.

Abaixo, o ranking completo com as 50 maiores bases digitais do país. Caso esteja num aparelho celular, “estique” a tela para melhorar a visualização do quadro. O seu clube está presente?

Ranking de redes sociais

A seguir, o quadro completo sobre o Nordeste e os cinco melhores colocados da região em cada rede, com as respectivas evoluções mensais até o início de junho. Vale a ressalva de que uma pessoa pode ter contas em diferentes plataformas e também pode seguir perfis rivais. Pelo critério do Ibope, o levantamento soma os 20 times presentes na Série A de 2022 e os 30 com as maiores bases digitais nas demais divisões, ou mesmo sem participação no Brasileirão.

Soma das cinco redes quantificadas

O ranking regional segue inalterado, mas ocorreu uma mudança na lista nacional. O Íbis perdeu uma posição, sendo ultrapassado pelo Figueirense, que devolveu a ultrapassagem do mês passado. Ou seja, de 25º para 26º. Sobre este novo ranking, é preciso pontuar que a divulgação do Ibope trocou os dados absolutos de Vitória (com 2,94 mi em vez de 2,97 mi), Ceará (com 2,97 mi em vez de 2,96 mi) e Fortaleza (com 2,96 mi em vez de 2,94 mi). Com a soma das redes foi possível chegar ao dado real de cada um, com o ajuste do quadro sendo feito pelo blog nesta publicação.

Top 15 do Nordeste (além da posição nacional e a série)
1º) 4.401.350 (13º) – Sport (+32.452), B
2º) 3.901.697 (15º) – Bahia (+18.978), B
3º) 2.971.307 (17º) – Vitória (+98.704), C
4º) 2.963.089 (18º) – Ceará (+40.653), A
5º) 2.948.383 (18º) – Fortaleza (+64.585), A
6º) 1.437.643 (22º) – Santa Cruz (+9.496), D
7º) 1.103.172 (26º) – Íbis (+1.392), s/d
8º) 746.796 (30º) – Náutico (+10.994), B
9º) 668.348 (32º) – CSA (+6.113), B
10º) 596.362 (34º) – ABC (+6.711), C
11º) 534.774 (38º) – CRB (+4.437), B
12º) 527.907 (39º) – América-RN (+3.210), D
13º) 505.210 (41º) – Sampaio Corrêa (+6.899), B
14º) 332.435 (47º) – Botafogo-PB (+4.216), C
15º) 322.365 (49º) – Confiança (+3.196), C

Top 5 do Brasil
1º) 46.801.934 – Flamengo (+446.847), A
2º) 28.580.225 – Corinthians (+232.843), A
3º) 18.459.784 – São Paulo (+128.044), A
4º) 15.698.662 – Palmeiras (+104.542), A
5º) 11.006.020 – Vasco (+46.527), B
* O Fla também é o líder nacional em todas as redes.

A seguir, o G5 do NE nas cinco redes observadas pelo Ibope e as respectivas evoluções mensais. O Sport é o único a liderar em duas frentes, com Twitter (maior perfil geral da região, com 1,65 milhão) e TikTok (7º maior do país). Nas outras frentes, os mesmos nomes: Bahia (Facebook), Ceará (Instagram, o único acima de 1 mi) e Fortaleza (Youtube). Veja o levantamento anterior aqui.

1) Facebook
1º) 1.121.842 – Bahia (+472)
2º) 1.073.326 – Sport (+525)
3º) 957.849 – Fortaleza (+7.263)
4º) 925.236 – Ceará (+563)
5º) 620.793 – Vitória (+19.803)

2) Twitter
1º) 1.653.052 – Sport (+6.341)
2º) 1.537.185 – Bahia (+4.956)
3º) 1.219.766 – Vitória (+22.462)
4º) 408.625 – Ceará (+6.927)
5º) 382.906 – Fortaleza (+10.335)

3) Instagram
1º) 1.048.728 – Ceará (+18.763)
2º) 992.628 – Fortaleza (+29.287)
3º) 949.072 – Sport (+20.686)
4º) 852.570 – Bahia (+8.850)
5º) 804.748 – Vitória (+44.039)

4) Youtube
1º) 207.000 – Fortaleza (+1.000)
2º) 172.000 – Ceará (+2.000)
3º) 149.000 – Bahia (+1.000)
4º) 148.000 – Sport (+1.000)
5º) 76.700 – Santa Cruz (+600)

5) TikTok
1º) 577.900 – Sport (+3.900)
2º) 408.500 – Ceará (+12.400)
3º) 408.000 – Fortaleza (+16.700)
4º) 338.300 – Íbis (+600)
5º) 251.300 – Vitória (+11.300)


Compartilhe!