Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •  

Jean Carlos foi novamente uma peça decisiva para o timbu. Foto: Tiago Caldas/Náutico.

O jogo foi equilibrado como se esperava, com dois times invictos e no G4. Demandando uma entrega ainda maior, o Náutico seguiu a sua rotina e venceu mais uma. Com dois gols no finzinho, aos 44 e 50 do segundo tempo, bateu o Botafogo por 3 x 1 e chegou a 15 pontos em 15 disputados na Série B. Já é uma das maiores arrancadas da história da competição neste modelo com pontos corridos, em vigor há 16 edições.

Esta é apenas a 3ª vez que um clube alcança cinco triunfos nas cinco primeiras rodadas. Nas duas anteriores, com Corinthians em 2008 e Guarani em 2009, as campanhas terminaram em acesso – como campeão e vice. Ou seja, a estatística já joga a favor do campeão pernambucano nesta luta para voltar à primeira divisão. Por sinal, está a apenas uma vitória do recorde na largada. O Corinthians parou em seis.

Sobre o duelo nos Aflitos, uma posse de bola próxima, com 54% para o Náutico, segundo o SofaScore, e 16 x 13 em finalizações. A título de comparação, o jogo passado, contra o Vila Nova, também em casa, teve 23 x 6. Já ilustra bem o ótimo teste – para ambos os candidatos ao acesso. O curioso é que o primeiro gol do timbu acaba não entrando nesta conta, pois foi contra. Aos 18 minutos, Jean Carlos cobrou um escanteio fechado e Pedro Castro desviou.

Àquela altura, o técnico Hélio dos Anjos já havia sido expulso e Alex Alves havia feito duas boas defesas. E o cenário ficou ainda mais truncado para os pernambucanos na retomada. O Botafogo veio modificado e teve um maior controle da bola, pressionando bastante a saída do Náutico. Num lance assim, aos 29, Camutanga errou o passe e o experiente Rafael Moura dominou e ajeitou logo para Diego Gonçalves marcar – ambos saíram do banco.

O empate não era mau resultado, mas Hélio, comandando o time das cadeiras, promoveu uma mudança tripla na reta final. Pouco depois, forçando, o Náutico teve um pênalti, cometido por Paulo Victor em Hereda – o lateral já havia cometido um no domingo, desperdiçado por Kieza. Sem dar chance ao goleiro, Jean Carlos converteu e chegou ao 5º gol nesta temporada. Pelo clube de Rosa e Silva o meia já soma 20 gols em 76 partidas, num ótimo desempenho. No fim, um contragolpe com ligação direta, de Alex Alves (boa partida) para Paiva, que confirmou o momento excepcional do Náutico. Hoje, já tem 7 pontos de vantagem sobre o 5º lugar…

Náutico em 5 rodadas na Série B de 2021
Mandante (3 jogos, 9 pts e 100%): 3V, 0E e 0D
Visitante (2 jogos, 6 pts e 100%): 2V, 0E e 0D

O desempenho do timbu nos 5 primeiros jogos na Série B (pontos corridos)
2006 – 7 pontos (2V, 1E e 2D; 8º lugar)*
2010 – 11 pontos (3V, 2E e 0D; 5º lugar)
2011 – 8 pontos (2V, 2E e 1D; 9º lugar)*
2014 – 5 pontos (1V, 2E e 2D; 9º lugar)
2015 – 13 pontos (4V, 1E e 0D; 2º lugar)
2016 – 7 pontos (2V, 1E e 2D; 9º lugar)
2017 – 2 ponto (0V, 2E e 3D; 19º lugar)**
2020 – 4 pontos (0V, 4E e 1D; 17º lugar)
2021 – 15 pontos (5V, 0E e 0D; 1º lugar)
* Subiu de divisão
** Caiu de divisão

Escalação do Náutico (melhores: Jean Carlos, Alex Alves e Hereda; pior: Kieza)
Alex Alves; Hereda, Camutanga, Wagner Leonardo e Bryan; Rhaldney (Marciel, 19/2TT), Matheus Trindade (Luiz Henrique, 38/2T) e Jean Carlos; Erick (Paiva, 38/2T), Kieza (Giovanny, 38/2T) e Vinícius (Matheus Carvalho, 28/2T). Técnico: Hélio dos Anjos

Escalação do Botafogo (melhor: Rafael Moura; piores: Paulo Victor e Pedro Castro)
Douglas Borges; Warley (Daniel Borges, intervalo), Kanu, Gilvan e Paulo Victor; Luís Oyama, Pedro Castro (Rafael Moura, 24/2T), Chay (Diego Gonçalves, intervalo) e Marco Antônio (Felipe Ferreira, 24/2T); Guilherme Santos (Barreto, 33/2T) e Rafael Navarro. Técnico: Marcelo Chamusca

Histórico geral de Náutico x Botafogo (todos os mandos)
29 jogos
10 vitórias pernambucanas (34,4%)
4 empates (13,7%)
15 vitórias cariocas (51,7%)

Financiamento coletivo
Confira a campanha de apoio financeiro ao blog, com jornalismo 100% independente

A análise do Podcast 45 Minutos sobre a partida (do tempo 0h04 até 0h46):

Abaixo, assista aos gols da partida, através do perfil oficial da Série B no Twitter.


Compartilhe!
  •  
  •  
  •  
  •