Compartilhe!

O timbu jogou com uma formação reserva na 5ª rodada do Estadual. Fotos: Marlon Costa/Náutico.

O duelo entre Náutico e Afogados ficou espremido no calendário, com ambos valorizando o jogo seguinte. Afinal, é a semana de estreia na Copa do Brasil. Sem opção, tiveram que jogar pelo Estadual. Com o mata-mata nacional na quarta, o timbu armou uma equipe repleta de garotos – o grupo principal já viajou para o Paraná. No caso sertanejo, a estreia será na quinta, mas o elenco reduzido impediu uma formação mista. Foi com força máxima, até pela situação na tabela local.

Em campo, o bom momento do Afogados somado ao inexperiente time do Náutico acabou gerando um jogo equilibrado, com gols nos 2T – Juninho Carpina (revelação da Copa São Paulo) marcou para o timbu, aos 4, e Candinho empatou para a coruja, num golaço de falta aos 10. Na reta final, ambos os times pareciam satisfeitos com o 1 x 1. O mandante chegou a 11 pontos e deu a chance de ultrapassagem ao Santa. Porém, se mantém no G2, com a vaga direta na semi. Já visitante chegou a 9 pontos e segue na briga pelas primeira posições, ou, no mínimo, pelo mando nas quartas de final – que já estaria de bom tamanho.

Com o apito final, foco total na Copa do Brasil. Pela participação na 1ª fase, os dois clubes já recebem R$ 540 mil. Em caso de avanço à 2ª fase, mais uma cota, esta de R$ 650 mil. Ao timbu, representa a garantia de uma folha de pagamento inteira. À coruja, seis folhas.

As estreias na Copa do Brasil
12/02 (21h30) – Toledo (PR) x Náutico, no Estádio 14 de Dezembro
13/02 (20h30) – Afogados x Atlético (AC), no Estádio Vianão

Escalação do Náutico (melhores: 1 Carpina, 2 Wanderson)
Halls; Hereda, Rafael Ribeiro, Rafael Dumas (Thassio, 12/2T) e Itambé; Miro, Wagninho e Juninho Carpina (Luís Felipe, 24/2T); Erick Cunha, Júlio e Wanderson (Erick Bahia, 18/2T). Técnico: Dudu Capixaba

Escalação do Afogados (melhores: 1 Candinho, 2 Erê)
Wallef; Jader, Heverton (Márcio, 20/2T), Edivan e Nem; Douglas, Eduardo Erê e Candinho (Rodrigo, 33/2T); Philip, Diego Ceará e Aurélio. Técnico: Pedro Manta

Os cinco confrontos na história, todos pelo Estadual (4V do timbu e 1E)
1º) 20/02/2018 – Náutico 2 x 1 Afogados (Arena PE)
2º) 18/03/2018 – Náutico 1 x 0 Afogados (Arena PE)
3º) 24/02/2019 – Afogados 1 x 3 Náutico (Vianão)
4º) 03/04/2019 – Náutico 2 x 0 Afogados (Aflitos)
5º) 10/02/2020 – Náutico 1 x 1 Afogados (Aflitos)

Leia mais sobre o assunto
Análise sobre a participação do Náutico na Copa SP de Juniores de 2020

A análise do Podcast 45 Minutos (Cassio Zirpoli, João de Andrade e Lucas Liausu):


Compartilhe!