Compartilhe!

Grêmio 2 x 0 Náutico na Série B

O Grêmio marcou com Ferreira (42/1T) e Bruno Alves (32/2T). Foto: Maxi Franzai/AGIF, via CBF.

A expectativa sobre o jogo em Porto Alegre era de dificuldade extrema para o Náutico sob qualquer aspecto, mas a atuação alvirrubra acabou sendo ainda abaixo disso, com o Grêmio vencendo com controle absoluto – e chegando a 11 jogos de invencibilidade, com 4V e 7E. Assegurado no G4 da Série B por mais uma rodada, o time gaúcho venceu por 2 x 0 numa noite na qual teve 62% de posse de bola e 29 x 7 em finalizações.

O mandante dominou os dois tempos, oferecendo pouquíssimas oportunidades aos pernambucanos. Jean Carlos, que por enquanto segue sem definição em relação à proposta do Irã, foi bem marcado, enquanto Victor Ferraz apareceu mais, mas cansou. À frente, atacantes isolados e sem dar prosseguimento às jogadas.

E quando o timbu até acertou algo, havia o zagueiro Geromel para conter quase tudo. Com o revés, acabando a sequência de quatro rodadas pontuando, o Náutico voltou à zona de rebaixamento nesta 17ª rodada, figurando em 17º lugar – foi ultrapassado pela Ponte Preta no saldo (-5 vs -4). Na arena gremista, o poder de reação foi mesmo brecado, com o tricolor vencendo a 4ª seguida em casa, sendo esta a sua melhor apresentação no Brasileiro até aqui.

Tabu mantido em Porto Alegre

Com a derrota na Arena do Grêmio, que recebeu 23.879 pessoas, o Náutico segue com o tabu de nunca ter vencido o Grêmio como visitante. Agora, num sequência iniciada no TorneioRoberto Gomes Pedrosa de 1968, são 18 jogos, com 4 empates e 18 triunfos tricolores. As três vitórias alvirrubras foram no Recife, todas pela 1ª divisão do Brasileirão, em 1985 (3 x 2), 1991 (3 x 1) e 2012 (1 x 0), com esta última completando uma década agora.

Náutico em 17 rodadas na Série B de 2022
Mandante (9 jogos, 10 pts e 37.0%): 2V, 4E e 3D
Visitante (8 jogos, 8 pts e 33.3%): 2V, 2E e 4D

Escalação do Grêmio (melhores: Ferreira e Geromel)
Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Pedro Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Lucas Silva), Bitello (Mateus Sarará) e Campaz (Pedro Lucas); Gabriel Teixeira (Emerson), Ferreira (Elias) e Diego Souza. Técnico: Roger Machado

Escalação do Náutico (melhor: Victor Ferraz; piores: Carlão, Franco e Thássio)
Lucas Perri; Bruno Bispo, Carlão e João Lucas; Thássio (Júlio), Luís Felipe (Nascimento), Richard Franco, Victor Ferraz (Robinho), Jean Carlos e Pedro Vitor; Geuvânio (Niltinho). Técnico: Roberto Fernandes

Histórico geral de Grêmio x Náutico (todos os mandos)
34 jogos
3 vitórias alvirrubras (8,8%)
10 empates (29,4%)
21 vitórias gaúchas (61,7%)

Leia mais sobre o assunto
A tabela de jogos do Náutico no Campeonato Brasileiro da Série B de 2022

Abaixo, assista aos dois gols no Sul, através do perfil oficial da Série B no Twitter.


Compartilhe!