Compartilhe!

Léo Lemos/Náutico

No empate entre Náutico e Confiança, no Batistão, a queixa alvirrubra é pra lá de justa, com um gol incrivelmente não assinalado pela arbitragem. Logo no comecinho, aos 7 minutos, quando Krobel cobrou uma falta de longe e o goleiro Jean falhou ao tentar amortecer a bola, que quicou após a linha. Mesmo sem o VAR, o lance parecia fácil de ser visto.

À parte desta polêmica, o timbu dominou as ações no 1T, chegando bastante à meta sergipana, com Matheus Carvalho, jogando na ponta, aparecendo bem – embora tenha sido substituído de forma surpreendente no intervalo. Tocando a bola, o timbu atuou no campo ofensivo. O scout de finalizações traduz isso: 6 x 2. A vantagem já na primeira metade teria sido justa, até porque foi, de fato, estabelecida.

No 2T, o timbu seguiu com personalidade, embora o mandante tenha melhorado, equilibrando as ações. Os gols saíram aos 15 minutos, com Luiz Henrique, e 21, com Bruninho. Ambos de cabeça. Após buscar a igualdade, o time azul flertou com a virada, com 5 x 2 em finalizações após o intervalo – a maioria sem direção. Com o volume de jogo, o empate em 1 x 1 terminou em aplausos por parte da torcida proletária.

No Náutico, apesar do pontinho somado, ficou a clara insatisfação com um lance que poderia ter mudado bastante o roteiro da tarde, pela 5ª rodada da Série C. Da possibilidade de subir no G4 à ameaça sobre a zona de classificação, com 7 pontos em 15 disputados.

Obs. Após o giro fora de casa, o timbu volta aos Aflitos em 1º de junho, contra o Globo.

Escalação do Náutico (melhores: 1 Luiz Henrique, 2 Matheus)
Bruno; Krobel, Camutanga, Sueliton e Josa; Jiménez, Luiz Henrique e Fábio Matos; Thiago, Wallace PE (Rafael Oliveira, 39/2T) e Matheus Carvalho (Danilo Pires, intervalo). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Escalação do Confiança (melhor: Bruninho)
Jean; Thiago, Simon, Anderson e Altemar; Amaral, Villa e Everton; Ari Moura (Thallyson, 11/2T), Tito (Renan, 30/2T) e Ítalo (Bruninho, 11/2T). Técnico: Daniel Paulista

Histórico geral de Confiança x Náutico (todos os mandos)
18 jogos
11 vitórias alvirrubras (61,1%)
4 empates (22,2%)
3 vitórias sergipanas (16,6%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Celso Ishigami, Clauber Santana e João de Andrade):

Léo Lemos/Náutico


Compartilhe!