Compartilhe!
  •  
  • 6
  •  
  •  

Artilheiro isolado, o centroavante Kieza chegou ao 7º gol no PE. Foto: Tiago Caldas/Náutico.

Arrasador no primeiro tempo, o Náutico voltou a jogar bem no Campeonato Pernambucano e goleou o Retrô por 4 x 1, na Arena Pernambuco. com esta partida, adiantada da 7ª rodada, o alvirrubro chegou a seis vitórias seguidas na competição, já estabelecendo uma das melhores arrancadas de sua história no PE.

Contabilizando as 106 participações do timbu, o máximo alcançado foi ganhar os sete primeiros jogos, em quatro campanhas, sendo a última em 2002. Portanto, a marca particular pode ser igualada no próximo domingo, no Clássico das Emoções nos Aflitos.

Da análise inicial sobre o baixo nível dos primeiros adversários, que fazia sentido, o Náutico respondeu vencendo bem equipes mais técnicas, com Salgueiro e Retrô em sequência. Quase sempre abrindo boa vantagem na primeira etapa. Ao todo, o time marcou 20 gols no Estadual, tendo uma média de 3,33. Nada menos que 16 gols saíram antes do intervalo.

Desta vez, fez com Kieza (4 min), Jean Carlos (13) e Vinícius (38). O camisa 9 segue ampliando o seu scout em Rosa e Silva. Agora, vestindo a camisa do Náutico, o K9 tem 61 gols em 112 partidas, com a ótima média de 0,54. E assim o time de Hélio dos Anjos vai pavimentando não só a classificação direta para a semifinal como vai caminhando a passos largos para a vaga na Copa do Brasil reservada à melhor campanha da 1ª fase – algo que faltou em 2020. Uma mudança nesta etapa, considerando o atual cenário do futebol local, seria contra a lógica.

Largada do timbu no PE de 2002, com 7V
Vs Intercontinental (4 x 3), Petrolina (1 x 0), Ferroviário (4 x 0), Recife (3 x 1), Porto (1 x 0), AGA (1 x 0) e Central (2 x 1)

Largada do timbu no PE de 2021, com 6V
Vs Central (5 x 0), Sete de Setembro (1 x 0), Vera Cruz (3 x 1), Vitória (4 x 1), Salgueiro (3 x 2) e Retrô (4 x 1)

Escalação do Retrô (piores: Neilson e João Braga)
Jean; Neilson (Mathaus), Vinicius Dell’Amore, André Baumer e Guilherme; Lucas Gonçalves, Gelson (Thallyson) e Kauê (Anderson Paraíba); Janderson, João Braga (Thiaguinho) e Mayco Félix (Erikys). Técnico: Nilson Corrêa

Escalação do Náutico (melhores: Jean Carlos e Kieza)
Alex Alves; Hereda, Ronaldo Alves, Wagner Leonardo e Rafinha (Matheus Trindade); Rhaldney (Marciel), Djavan e Jean Carlos (Luiz Henrique); Erick (Bryan), Vinícius (Giovanny) e Kieza. Técnico: Guilherme dos Anjos (interino).

Os dois duelos na história, ambos pelo Estadual (1V do timbu e 1E)
1º) 08/03/2020 – Náutico 2 x 2 Retrô (Aflitos)
2º) 11/04/2021 – Retrô 1 x 4 Náutico (Arena PE)

A análise do Podcast 45 Minutos (Camila Sousa, Clauber Santana e João de Andrade):


Compartilhe!
  •  
  • 6
  •  
  •