Compartilhe!
  • 28
  •  
  •  
  •  

Ricardo Fernandes/Spia Photo

O Náutico não era derrotado pelo Confiança há 48 anos. Na verdade, em partidas de campeonato, jamais havia perdido. Entretanto, a fase pós-título pernambucano não é mesmo boa em Rosa e Silva. Perto de completar um mês da conquista, o alvirrubro soma uma eliminação na Copa do Brasil e a lanterna na Série C, agora com três derrotas consecutivas.

Após as derrotas na condição de visitante, na Paraíba e no Acre, o Náutico sofreu outro duro revés, desta vez na Arena Pernambuco, com 2.973 torcedores na noite de sábado. Nem todos ficaram até o fim, pois a debandada começou aos 19 minutos do segundo tempo, quando o dragão de Aracaju chegou ao 4º gol, explorando bem os contragolpes diante de um mandante escalado de forma pouco precavida – um volante e três atacantes, num sistema que, no Brasileiro, não vem funcionando.

E olhe que o timbu chegou a ficar com dois jogadores a mais em campo. No fim, os dois times terminariam com 9 em campo, pois Lelê e Breno Calixto também foram expulsos. Ah, Robinho, que chegou a empatar o jogo para o timbu, também fez outro, decretando o 2 x 4.

Se Roberto Fernandes pode se queixar desfalques – não pôde contar, por exemplo, com Ortigoza -, por outro lado também deve reconhecer a necessidade de uma reformulação tática. No mínimo para estabilizar o sistema defensivo, com 10 gols sofridos em 4 jogos.

As vitórias do time sergipano no confronto
16/07/1969 – Confiança 2 x 1 Náutico (Aracaju, amistoso)
24/04/1970 – Confiança 1 x 0 Náutico (Aracaju, amistoso)
05/05/2018 – Náutico 2 x 4 Confiança (Arena PE, Série C)

Histórico de Náutico x Confiança (todos os mandos)
16 jogos
10 vitórias alvirrubras (62,5%)
3 empates (18,7%)
3 vitórias alviazulinas (18,7%)

A análise do Podcast 45 Minutos (Fred Figueiroa e João de Andrade Neto):

Ricardo Fernandes/Spia Photo


Compartilhe!
  • 28
  •  
  •  
  •